Navegação Periódicos - Artigos por Revista "Marine Pollution Bulletin"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 19042

    RIBEIRO, ANDREZA P.; FIGUEIREDO, ANA M.G. ; SANTOS, JOSE O. dos; DANTAS, ELIZABETH ; COTRIM, MARYCEL E.B. ; FIGUEIRA, RUBENS C.L.; SILVA FILHO, EMMANOEL V.; WASSERMAN, JULIO C.. Combined SEM/AVS and attenuation of concentration models for the assessment of biovailability and modified of metals in sediments of Septiba Bay (SE Brazil). Marine Pollution Bulletin, v. 68, n. 12, p. 55-63, 2013.

    Palavras-Chave: brazil; coastal waters; bays; sediments; metals; cadmium; copper; nickel; lead; zinc; industrial wastes; waste water; aquatic ecosystems; environmental impacts

  • IPEN-DOC 18227

    ANZOLIN, D.G.; SARKIS, J.E.S. ; DIAZ, E. ; SOARES, D.G.; SERRANO, I.L.; BORGES, J.C.G.; SOUTO, A.S.; TANIGUCHI, S.; MONTONE, R.C.; BAINY, A.C.D.; CARVALHO, P.S.M.. Contaminant concentrations, biochemical and hematological biomarkers in blood of West Indian manatees Trichechus manatus from Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 64, n. 7, p. 1402-1408, 2012.

    Palavras-Chave: aquatic organisms; aquatic ecosystems; contamination; blood; metals; biological markers; hematology

  • IPEN-DOC 17871

    BARUAEM, LUCAS M.; HORTELLANI, MARCOS A. ; SARKIS, JORGE E. ; COSTA-LOTUFO, LETICIA V.; ABESSA, DENIS M.S.. Contamination of port zone sediments by metals from large marine ecosystems of Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 64, n. v. 3, p. 479-488, 2012.

    Palavras-Chave: brazil; harbors; contamination; sediments; metals; aquatic ecosystems; geochemistry

  • IPEN-DOC 27728

    BERBEL, GLAUCIA B.B.; HORTELLANI, MARCOS A. ; SARKIS, JORGE E. de S. ; CHIOZZINI, VITOR G.; FAVARO, DEBORAH I.T. ; SUTTI, BRUNO O.; SAKAZAKI, NIXON C.; BRAGA, ELISABETE de S.. Emerging contaminants (Rh, Pd, and Pt) in surface sediments from a Brazilian subtropical estuary influenced by anthropogenic activities. Marine Pollution Bulletin, v. 163, p. 1-13, 2021. DOI: 10.1016/j.marpolbul.2020.111929

    Abstract: The concentrations of Platinum (Pt), Rhodium (Rh) and Palladium (Pd) were evaluated from a highly impacted estuary in Brazil influenced by industrial pole, highway traffic and sewage outfall. The Santos-São Vicente region presents important economic activities derived from a largest harbor of Latin America and an industrial pole surrounded by intensive highway traffic. Values of Rh varied from 0.08 to 1.7 ng g−1 with highest values at stations impacted by domestic waste. Pt ranged from 0.15 to 40.3 ng g−1 with highest concentrations located close to the ferryboat traffic. Pd levels varied from 1.05 to 22.0 ng g−1 with values >5 ng g−1 in 50% of the stations. The spatial distribution of PGEs was not always directly associated with muddy sediments, because high PGE levels found even in sandy sediments. Pollution indexes, including anthropogenic factor (AF), geoaccumulation index (Igeo), Enrichment factor (EF), and Pollution Load Index (PLI) were used for evaluating contaminant potential. Based on EF, Igeo, and PLI, 50% of samples of the sediments from Santos-São Vicente Estuarine System (SSV) were classified with significant to strong PGE contamination. All stations on the Santos Channel (SC), São Vicente Channel (SVC) and Bertioga Channel (BC) had AF higher than 80% in at least one of PGE elements, as showed in station 2A, which presented AF <50% for Rh and Pd and 86% for Pt. Despite high anthropogenic enrichment, no correlations among PGE elements were observed in surface sediments. Only two stations presented Pd/Pt, Pt/Rh, and Pd/Rh typical ratios of auto catalyst (st. 14 and Piaçaguera) both located in the vicinity of highways. This could be due to the PGE deposition process in road dust, soil, and water as well as the biogeochemical cycling of PGEs involving organic metallic and inorganic complexes formed in the estuarine and seawaters.

    Palavras-Chave: estuaries; sediments; indexes; environment; coastal regions; water pollution; coastal waters; platinum; rhodium; palladium; chemical composition

  • IPEN-DOC 24235

    MARANHO, L.A.; FONTES, M.K.; KAMIMURA, A.S.S.; NOBRE, C.R.; MORENO, B.B.; PUSCEDDU, F.H.; CORTEZ, F.S.; LEBRE, D.T. ; MARQUES, J.R. ; ABESSA, D.M.S.; RIBEIRO, D.A.; PEREIRA, C.D.S.. Exposure to crack cocaine causes adverse effects on marine mussels Perna perna. Marine Pollution Bulletin, v. 123, n. 1-2, p. 410-414, 2017. DOI: 10.1016/j.marpolbul.2017.08.043

    Abstract: Our study aimed to evaluate crack cocaine effects in different life stages of the marine mussel Perna perna. For this purpose, fertilization rate, embryo-larval development, lysosomal membrane stability and DNA strand breaks were assessed. Effect concentrations in gametes and in larval development were found after 1 h (IC50 =23.53 mg·L−1) and 48 h (IC50 =16.31 mg·L−1), respectively. The highest tested concentration showing no acute toxicity (NOEC) was 10 mg·L−1, while the lowest observed effect concentration (LOEC) was 20 mg·L−1. NOEC concerning embryo-larval development was 0.625 mg·L−1, while the LOEC was 1.25 mg·L−1. Cyto-genotoxic effects were evidenced in mussels exposed to crack cocaine concentrations ranging from 5 to 500 μg·L−1. Our results report the first data on effects of an illicit drug to marine organisms and should encourage further ecotoxicological studies of these contaminants of emerging concern in coastal ecosystems.

    Palavras-Chave: cocaine; aquatic ecosystems; aquatic organisms; mussels; bioassay; toxicity; cell cycle; water pollution; pollutants; chemical wastes

  • IPEN-DOC 20874

    BERBEL, GLAUCIA B.B.; FAVARO, DEBORAH I.T. ; BRAGA, ELISABETE S.. Impact of harbour, industry and sewage on the phosphorus geochemistry of a subtropical estuary in Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 93, n. 1-2, p. 44-52, 2015.

    Palavras-Chave: brazil; estuaries; harbors; sewage; geochemistry; phosphorus; sediments; geochemistry; eutrophication

  • IPEN-DOC 11040

    ABESSA, D.M.S.; CARR, R.S.; RACHID, B.R.F.; SOUSA, E.C.P.M.; HORTELLANI, M.A. ; SARKIS, J.E.S. . Influence of a brazilian sewage outfall on the toxicity and contamination of adjacent sediments. Marine Pollution Bulletin, v. 50, n. 8, p. 875-885, 2005.

    Palavras-Chave: brazil; aquatic ecosystems; sewage; sediments; pollution; toxicity

  • IPEN-DOC 17276

    SILVA, PAULO S.C. ; DAMATTO, SANDRA R. ; MANDONADO, CAIO; FAVARO, DEBORAH I.T. ; MAZZILLI, BARBARA P. . Metal distribution in sediment cores from São Paulo State Coast, Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 62, n. 5, p. 1130-1139, 2011.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; multi-element analysis; sediments; metals; neutron activation analysis

  • IPEN-DOC 28421

    CAPPARELLI, MARIANA V.; MOLINERO, JON; MOULATLET, GABRIEL M.; BARRADO, MIREN; PRADO-ALCIVAR, SANTIAGO; CABRERA, MARCELA; GIMILIANI, GIOVANA ; NACATO, CAROLINA; PINOS-VELEZ, VERONICA; CIPRIANI-AVILA, ISABEL. Microplastics in rivers and coastal waters of the province of Esmeraldas, Ecuador. Marine Pollution Bulletin, v. 173, Part B, p. 1-6, 2021. DOI: 10.1016/j.marpolbul.2021.113067

    Abstract: This study represents the first assessment of microplastic (MP) contamination in the coastal area of the Esmeraldas Province, Ecuador. MPs were quantified in 14 coastal waters in beaches with different urbanization level and in 10 rivers. The most abundant MP types were transparent fibres, brown fragments, grey fragments, transparent fragments, and black fragments, which together represented 84% of the total count. Coastal waters presented significantly higher quantities of MP than rivers. No difference in microplastic abundance was detected between beaches with higher and lower urban occupation, nor between beaches facing North or West. Our results indicate that MP contamination is widespread, and most likely transported from multiple sources. Our results can serve as a baseline for future MP monitoring in the area.

  • IPEN-DOC 22831

    DIAS, THAIS H.; OLIVEIRA, JOSELENE de ; SANDERS, CHRISTIAN J.; CARVALHO, FRANCIANE; SANDERS, LUCIANA M.; MACHADO, EUNICE C.; SA, FABIAN. Radium isotope (223Ra, 224Ra, 226Ra and 228Ra) distribution near Brazil's largest port, Paranaguá Bay, Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 111, p. 443-448, 2016. DOI: 10.1016/j.marpolbul.2016.07.004

    Abstract: This work investigates the 223Ra, 224Ra, 226Ra and 228Ra isotope distribution in river, estuarine waters and sediments of the Paranaguá Estuarine Complex (PEC). The stratification of the Ra isotopes along water columns indicate differing natural sources. In sediments, the radium isotope activities was inversely proportional to the particle size. The highest concentrations of 223Ra, 224Ra, 226Ra and 228Ra in the water column were found in the bottom more saline waters and towards the inner of the estuary. These relatively high concentrations towards the bottomof the estuarymay be attributed to the influence of tidally driven groundwater source and desorption from particles at the maximum turbidity zone. The apparent river water ages from the radium isotope ratios, 223Ra/224Ra and 223Ra/228Ra, indicate that the principal rivers that flow into the estuary have residence times from between 6 and 11 days.

    Palavras-Chave: radium isotopes; radium; distribution; brazil; estuaries; harbors; bays; rivers; sediments; mangroves; ecological concentration; water

  • IPEN-DOC 17275

    AZEVEDO, JULIANA S.; BRAGA, ELISABETE S.; FAVARO, DEBORAH T. ; PERRETTI, ADRIANA R.; REZENDE, CARLOS E.; SOUZA, CRISTINA M.M.. Total mercury in sediments and in brazilian ariidae catfish from two estuaries under different anthropogenic influence. Marine Pollution Bulletin, v. 62, p. 2724-2731, 2011.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; estuaries; contamination; mercury; fishes; sediments; water chemistry

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.