Navegação Periódicos - Artigos por Autores IPEN "VIEIRA, D.P."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 24222

    CECCHI, C.R. ; HIGUTI, E. ; LIMA, E.R. ; VIEIRA, D.P. ; SQUAIR, P.L. ; PERONI, C.N. ; BARTOLINI, P. . Efficient non-invasive plasmid-DNA administration into tibialis cranialis muscle of “little” mice. Current Molecular Medicine, v. 17, n. 3, p. 230-235, 2017. DOI: 10.2174/1566524017666170721152119

    Abstract: Background: An alternative treatment for growth hormone deficiency based on hGH-DNA administration, followed by electro gene transfer, was investigated by injecting the plasmid into surgically exposed or non-exposed quadriceps or tibialis muscle of immunodeficient “little” mice. Methods: An optimization of electrotransfer conditions via a new combination of high/low voltage pulses is presented. After 3 days, serum hGH was determined and in a 28-day assay, the relative growth parameters were compared. Results: Both groups exhibited similar results: 5.0 ± 2.2 (SD) and 3.5 ± 0.9 ng hGH/ml (P>0.05; n=7) for the exposed quadriceps and non-exposed tibialis treatments, respectively. The final body weight increases were 16.1% for the quadriceps and 18.9% for the tibialis group. The tail and nose-to-tail length increases were 4.5% and 7.1% for the quadriceps and 4.8 and 4.6% for the tibialis group. The right and left femur length increases, obtained from radiographic measurements, were 16.9% and 12.7% for the quadriceps and 19.4% and 12.3% for the tibialis, respectively. A non-significant difference between exposed quadriceps and non-exposed tibialis treatments (P=0.48) was confirmed via a completely integrated statistical analysis. Circulating mIGF-1 levels were 126 ± 47, 106 ± 93 (P>0.05) and 38 ± 15 ng/ml for the quadriceps, tibialis and saline treatments, respectively. Conclusion: These results show that hGH-DNA administration into non-exposed tibialis muscle followed by the new HV/LV electrotransfer protocol was an equally efficient, less traumatic treatment,

    Palavras-Chave: gene therapy; hormones; growth; tibia; immunosuppressive drugs; mice; muscles

  • IPEN-DOC 26870

    CARVALHO, L.R. de ; VIEIRA, D.P. . Evaluation of genotoxic potential of peptides used in nuclear medicine (PSMA -617 and -11, and ubiquicidine 29-41) using a flow-cytometric, semi-automated analysis of micronuclei frequency in cell cultures. Toxicology Reports, v. 7, p. 304-316, 2020. DOI: 10.1016/j.toxrep.2020.02.003

    Abstract: Assays that rely on the assessment of frequency of micronuclei are important standard techniques currently used to quantify potential genotoxic damage after exposure to chemical or physical agents, such as ionizing radiation, or in pre-clinical studies, to assessment of the genotoxic potential of drugs or its components. The experiments are usually performed using conventional microscopy, but currently the protocols are being upgraded to automated approaches based on flow cytometry protocols based on the elimination of the plasma membrane by chemical agents, allowing quantification by flow cytometry. In this work, the genotoxic potential of peptides used as components of radiopharmaceuticals (PSMA-617 and 11 and Ubiquicidine) was evaluated exposing CHO-KI cells to a wide range of concentration (0.1X and 100X the maximum allowed concentration to human adults). Incubation with PSMA-11 or UBI29–41 did not induce genotoxicity. After 24 h of incubation, PSMA-617 induced genotoxicity only in non-practical concentration (100-fold). Results corroborate the safety of the predrugs and the wide detection range of technique.

    Palavras-Chave: radiopharmaceuticals; toxicity; antigens; peptides; antimicrobial agents; cell cultures; cell flow systems; ionizing radiations

  • IPEN-DOC 25726

    FONSECA, D.C. ; OCAMPO, I.Z.; VIEIRA, D.P. . Genotoxic and anti-proliferative effects of aminoguanidine on gamma-irradiated MCF-7 breast cancer cells. Brazilian Journal of Radiation Sciences, v. 7, p. 1-20, 2018. DOI: 10.15392/bjrs.v7i1.788

    Abstract: The intracellular production of nitric oxide is studied as a relevant phenomenon in exposure to ioniz-ing radiation. There is evidence of local nitric oxide production in solid tumors. The study evaluated the effects of the administration of aminoguanidine, a selective inhibitor of an isoform of nitric oxide synthase on the frequency of genotoxic damage, loss of clonogenic potential and induction of cytotoxicity after ex-posure of human breast tumor (MCF7) cells to ionizing radiation in radiotherapeutic doses. Cells were treated with aminoguanidine (1 or 2 mM) and irradiated by gamma radiation at doses between 0.5 and 8Gy. In cultures treated with 1 mM, we observed increased cytotoxicity and genotoxicity, and reduction of the clonogenic potential of the colonies. Alternatively, 2 mM aminoguanidine produced the opposite effect, apparently protecting cultures from the effects of exposures. The experiments suggested that the admin-istration of aminoguanidine may reduce the in vitro radiosensitivity of tumors due to the increase of the frequency of genotoxic damage.

    Palavras-Chave: neoplasms; mammary glands; radiations; nitric oxide; ionizing radiations; biological radiation effects; dna damages; gamma radiation; guanidines; in vitro; tumor cells; toxicity; radiosensitivity

  • IPEN-DOC 14173

    BAPTISTA, J.A.; VIEIRA, D.P. ; GALISTEO JUNIOR, A.J.; CAPRONI, P.; CASARE, M.; ANDRADE JUNIOR, H.F. de ; SPENCER, P.J. ; NASCIMENTO, N. . Immunological properties of sup(60)Co gamma-rays irradiated bothropstoxin-I. Journal of Radioanalytical and Nuclear Chemistry, v. 279, n. 3, p. 817-821, 2009.

    Palavras-Chave: venoms; toxins; snakes; gamma radiation; cobalt 60; aqueous solutions; radiolysis; immunoassay; genetics; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 20190

    MAGALHAES, V.D.; ROGERO, S.O. ; CRUZ, A.S.; VIEIRA, D.P. ; OKAZAKI, K. ; ROGERO, J.R. . In vitro tests of resveratrol radiomodifying effect on rhabdomyosarcoma cells by comet assay. Toxicology in Vitro, v. 28, n. 8, p. 1436-1442, 2014.

    Palavras-Chave: carcinogens; polyphenols; inhibition; beverages; grapes; wine; sarcomas; response modifying factors; cell cultures; dna damages; dna repair; comets; bioassay

  • IPEN-DOC 27906

    MARTINS, R. ; VIEIRA, D.P. ; CARVALHO, L.R. ; BARBEZAN, A.B. ; VILLAVICENCIO, A.L.C.H. . In vivo genotoxicity of 2-alkylcyclobutanones in liver cells from rats fed with irradiated cocoa butter using flow cytometry. Brazilian Journal of Radiation Sciences, v. 9, n. 1A, p. 1-11, 2021. DOI: 10.15392/bjrs.v9i1A.1534

    Abstract: Food irradiation proves to be an effective technique of eliminating some pathogens from food and this has gained significant attention to its potential for food safety. Since 1990, studies on the toxicological safety of 2-Alkylcyclobutanones have been conducted extensively. 2-Alkylcyclobutanones are unique radiolytic products generated by the radiation-induced breakage of triglycerides in food, 2-dodecylcyclobutanone (2-dDCB) and 2-tetradecylcyclobutanone (2-tDCB) are the predominant compounds detected . Despite studies showing non-genotoxicity of 2-ACBs (2-Alkylcyclobutanones), the results are conflicting and therefore we continue the studies in order to confirm the compounds are safety for human health. In vivo micronucleus test were performed to verify the 2-ACBs genotoxic effects in hepatic cells using flow cytometry. We used cocoa butter irradiated with 20 kGy. A group with animals was treated with daily intake of irradiated cocoa butter, synthesized 2-dDCB and 2-tDCB for one month. Hepatic cells were selected for genotoxicity analysis due to the liver importance in the compounds metabolization. The improvement of the analytical techniques is important for the research future since the irradiation process is already consolidated. The results confirmed the safety of the food irradiation process, as they did not indicate the genotoxic potential of the samples.

    Palavras-Chave: alkyl radicals; butter; cell flow systems; cocoa products; food processing; genetic effects; liver cells; mice; radiation doses; radiolysis; toxicity

  • IPEN-DOC 25522

    VIEIRA, D.P. ; GALISTEO JUNIOR, A.J.; ANDRADE JUNIOR, H.F. de. Inhibition of nitric oxide synthase activity and chemokine (CXCL12) supplementation can improve hematopoietic reconstitution in mice lethally irradiated by 60Co gamma radiation. Brazilian Journal of Radiation Sciences, v. 07, n. 01, p. 1-24, 2019. DOI: 10.15392/bjrs.v7i1.789

    Abstract: Reduction of nitric oxide (NO) production is related to increased survival in some models of infection and ionizing radiation (IR) exposure. The work used lethally irradiated (60Co, 8Gy) C57Bl6j mice, treated or not with aminoguanidine (AG), an inhibitor of an isoform of nitric oxide synthase (iNOS). Also tested iNOS-/- knockout mice and a distinct group treated intraperitoneally with synthetic CXCL12, a homing chemokine related to hematopoietic reconstitution after IR exposures. Aminoguanidine treatment lead to an overshoot of proliferation of hematopoietic CD34+ cells in bone marrows (day 2 after IR) and spleens (days 2 and 4 after IR) of irradiated mice, showing a compensative response of these organs against deleterious effects of radiation. CXCL12 mRNA production was increased on spleens of AG-treated mice at day 2 after IR, but not on other periods neither in bone marrows. CXCL12 administration did not alter CD34+ counts but seemed to keep circulating platelet counts in levels comparable to controls. Thus, CXCL12 and AG administration could help on bone marrow repopulation after critically exposed individuals.

    Palavras-Chave: nitric oxide; blood formation; laboratories; gamma radiation; bioassay; mice; guanidines; cobalt 60; spleen; biological radiation effects; lethal doses

  • IPEN-DOC 14835

    BAPTISTA, J.A.; VIEIRA, D.P. ; GALISTEO JUNIOR, A.J.; HIGA, O.Z. ; CASARE, M.; YONAMINE, C.M.; CAPRONI, P.; CAMPOS, L.A.; ANDRADE JUNIOR, H.F. de ; SPENCER, P.J. ; NASCIMENTO, N. . Structure alteration and immunological properties of sup(60)Co-gamma-rays irradiated bothropstoxin-I. Journal of Radioanalytical and Nuclear Chemistry, v. 283, n. 3, p. 691-698, 2010.

    Palavras-Chave: gamma radiation; cobalt 60; venoms; irradiation procedures; immunology; structural chemical analysis; snakes; toxicity

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.