Navegação Periódicos - Artigos por autor "PADILHA, ANGELO F."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 11771

    MARTINS, JULIANA de P.; PADILHA, ANGELO F.. Calibracao da liga comercial de aluminio 3003 produzida por fundicao continua de chapas (twin roll caster) microestrutura. Revista da Escola de Minas, v. 59, n. 4, p. 427-431, 2006.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; microstructure; casting; optical microscopy; scanning electron microscopy; manganese; electric conductivity; grain boundaries; thickness

  • IPEN-DOC 12704

    MARTINS, JULIANA de P.; PADILHA, ANGELO F.. Caracterizacao da liga comercial de aluminio 3003 produzida por fundicao continua de chapas (`twin roll caster`) - textura cristalografica. Revista da Escola de Minas, v. 60, n. 3, p. 565-569, 2007.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; casting; rolling; sheets; microstructure; crystallography; texture; electron diffraction

  • IPEN-DOC 16559

    TERADA, MAYSA ; MARQUES, ROGERIO A. ; MOGNANI, MARINA; PADILHA, ANGELO F.; COSTA, ISOLDA . A comparative study of the corrosion resistance of incoloy MA 956 and PM 2000 superalloys. Materials Research, v. 13, n. 4, p. 425-429, 2010.

    Palavras-Chave: biological materials; heat resisting alloys; corrosion resistance; incoloy alloys; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 11868

    TERADA, MAYSA; ANTUNES, RENATO A.; PADILHA, ANGELO F.; MELO, HERCILIO G. de; COSTA, ISOLDA . Comparison of the corrosion resistance of DIN W. Nr 1.4970 (15 percent Cr-15 percent Ni-1.2 percent Mo-Ti) and ASTM F-138 (17 percent Cr-13 percent Ni-2.5 percent Mo) austenitic stainless steels for biomedical applications. Materials Research, v. 9, n. 3, p. 281-285, 2006.

    Palavras-Chave: austenitic steels; stainless steels; corrosion resistance; implants; electrochemistry; biological materials; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 18099

    TERADA, MAYSA; ZIMMERMANN, ANGELO J. de O.; SANDIM, HUGO R.Z.; COSTA, ISOLDA ; PADILHA, ANGELO F.. Corrosion behavior of Eurofer 97 and ODS-Eurofer alloys compared to traditional stainless steels. Journal of Applied Electrochemistry, v. 41, n. 8, p. 951-959, 2011.

    Palavras-Chave: ferritic steels; martensitic steels; corrosion resistance; electrochemistry; scanning electron microscopy; stainless steels; impedance; spectroscopy

  • IPEN-DOC 13030

    LIMA, NELSON B. de ; LIMA, LIANA M.F.G. ; REICK, WOLFGANG; PADILHA, ANGELO F.. Deformation and recrystallization textures in duplex stainless steel. Materials Science Forum, v. 408-412, p. 1353-1358, 2002.

    Palavras-Chave: stainless steels; microstructure; deformation; recrystallization; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 13068

    TERADA, MAYSA ; HUPALO, MARCIO F.; COSTA, I. ; PADILHA, ANGELO F.. Effect of alpha prime due to 475sup(o)C aging on fracture behavior and corrosion resistance of DIN 1.4575 and MA 956 high performance ferritic stainless steels. Journal of Materials Science, v. 43, p. 425-433, 2008.

    Palavras-Chave: stainless steels; high alloy steels; corrosion resistance; aging; fractures; scanning electron microscopy; impedance; spectroscopy

  • IPEN-DOC 28328

    FERREIRA, ANDREI M.; MARTORANO, MARCELO A.; LIMA, NELSON B. de ; PADILHA, ANGELO F.. Effects of recovery and recrystallization on microstructure and texture during annealing of a cold deformed superconducting Nb-50(wt.)%Ti alloy. Journal of Alloys and Compounds, v. 887, p. 1-9, 2021. DOI: 10.1016/j.jallcom.2021.161334

    Abstract: A Nb-50(wt.)%Ti alloy was melted and remelted in an electron beam furnace and the cast ingot was subsequently deformed into a bar by cold swaging, undergoing a maximum reduction in the area of 90%. Samples of the cold deformed bar were subjected to isochronous annealing cycles for 1 h in the temperature range between 250 and 1000 °C. The microstructural changes of the samples were monitored by optical microscopy, scanning electron microscopy with backscattered electron diffraction (EBSD), X-ray diffraction for pattern and texture determinations, and Vickers microhardness measurements. Recovery is the main softening mechanism in the samples annealed at temperatures up to 600 °C, but recrystallization is significant at temperatures equal to or above 750 °C and might also contribute to softening. Grain growth is also noted after annealing at the temperatures of 900 °C and 1000 °C. The microstructures of the cold deformed sample and of the samples annealed at temperatures up to 600 °C display a curly structure caused by deformation bands and their dislocation substructures. At the annealing temperatures of 900 °C and 1000 °C, complete recrystallization occurs and eliminates the deformation bands, but the curly pattern still exists and is probably due to a residue of the microsegregation of elements that occurs during solidification of the ingot. An intense fiber texture that is typical of cold swaging is observed in the cold deformed sample and in those annealed at temperatures up to 750 °C, but annealing at temperatures of 900 °C and 1000 °C weakens this texture owing to complete recrystallization. The results of the present work show the importance of the strong interactions among the phenomena of recovery, recrystallization, and microsegregation in determining the microstructure and texture of cold deformed and annealed Nb-Ti alloys.

    Palavras-Chave: recrystallization; titanium; niobium; microstructure

  • IPEN-DOC 18223

    SOUZA, FABRICIO M.; LIMA, NELSON B. de ; PLAUT, RONALD L.; FERNANDES, RICARDO do C.; PADILHA, ANGELO F.. Um estudo comparativo entre chapas produzidas pelos processos de lingotamento contínuo e de lingotamento semicontínuo da liga AA4006: microestrutura e textura cristalográfica / A comparative study in AA4006 alloy strips produced by twin roll caster and direct chill processes: microstructure and crystallographic texture. Revista da Escola de Minas, v. 65, n. 2, p. 207-216, 2012.

    Palavras-Chave: alloys; casting; rolling; microstructure; crystallography; texture; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 19192

    FERREIRA FILHO, ANTENOR; HERRERA, CLARA; LIMA, NELSON B. de ; PLAUT, RONALD L.; PADILHA, ANGELO F.. Evolução da textura cristalográfica de chapas de aço inoxidável ferrético do tipo AISI 430) durante laminação a frio, recozimento e estampagem / Crystallographic texture evolution of ferritic stainless steel strips (AISI 430) during cold rolling, annealing and drawing. Revista da Escola de Minas, v. 61, n. 2, p. 151-158, 2008.

    Palavras-Chave: stainless steels; ferritic steels; crystallography; texture; cold working; rolling; annealing; drawing

  • IPEN-DOC 20051

    LOPES, DENISE A.; RESTIVO, THOMAZ A.G.; LIMA, NELSON B. de ; PADILHA, ANGELO F.. Gamma - phase homogenization and texture in U-7.5Nb-2.5Zr (Mulberry) alloy. Journal of Nuclear Materials, v. 449, n. 1-3, p. 23-30, 2014.

    Palavras-Chave: uranium alloys; texture; niobium; zirconium; melting; cold working; rolling; microstructure; optical microscopy; electron microscopy; x-ray diffraction; crystallography; gamma radiation; transformations; crystal structure

  • IPEN-DOC 26458

    CARVALHO, LEANDRO G. de; PLAUT, RONALD L.; LIMA, NELSON B. de ; PADILHA, ANGELO F.. Kinetics of martensite reversion to austenite during overaging in a maraging 350 steel. ISIJ International, v. 59, n. 6, p. 1119-1127, 2019. DOI: 10.2355/isijinternational.ISIJINT-2018-610

    Abstract: The present work has studied the kinetics of partial reversion of martensite into austenite, which occurred during overaging between 520 and 600°C in a maraging 350 steel. The microstructural modifications were followed using optical microscopy, scanning electron microscopy, X-ray diffraction and ferritoscopy. The observations carried out using microscopy showed that the reverted austenite is formed at interface regions such as grain boundaries, boundaries of the packets and martensite laths boundaries of the martensitic structure starting at 520°C, while the reverted austenite observed inside the martensite lath was formed starting at 560°C. The maximum percentage volumetric fractions of retained austenite were 18%, 25% and 37%, respectively for 520, 560 and 600°C. The higher the aging temperature, the faster the volumetric fraction attained its plateau of maximum constant value. The activation energy for the kinetics of the austenite reversion process has been determined as being 332 kJ/mol. The Avrami constant for the kinetics of the reverted austenite at 520°C was close to 1, while at 560°C was close to 2. The values determined for the activation energy and of the Avrami constants have been discussed and correlated with the possible transformation mechanisms.

    Palavras-Chave: maraging steels; phase transformations; kinetics; austenite; martensite; optical microscopy; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 14888

    PLAUT, RONALD L.; PADILHA, ANGELO F.; LIMA, N.B. ; HERRERA, CLARA; FERREIRA FILHO, ANTENOR; YOSHIMURA, LEANDRO H.. Medium carbon steel deep drawing: A study on the evolution of mechanical properties, texture and simulations, from cold rolling to the end product. Materials Science and Engineering, A, v. 499, n. 1-2, p. 337-341, 2009.

    Palavras-Chave: annealing; carbon steels; drawing; finite element method; mechanical properties; optical microscopy; recrystallization; rolling; simulation; x-ray diffraction; strains; hardness

  • IPEN-DOC 11545

    TERADA, MAYSA ; SAIKI, MITIKO ; COSTA, ISOLDA ; PADILHA, ANGELO F.. Microstructure and intergranular corrosion of the austenitic stainless steel 1.4970. Journal of Nuclear Materials, v. 358, n. 1, p. 40-46, 2006.

    Palavras-Chave: austenitic steels; stainless steels; microstructure; intergranular corrosion; corrosion resistance

  • IPEN-DOC 12880

    LIMA, LIANA M.F.G. de ; LIMA, NELSON B. de ; PLAUT, RONALD L.; PADILHA, ANGELO F.. Microstructure and texture evolution during annealing after temper rolling of a 2 wt.- percent silicon electric steel. Materials Science Forum, v. 539-543, p. 3430-3435, 2007.

    Palavras-Chave: silicon; steels; microstructure; annealing; rolling; recrystallization; grain growth

  • IPEN-DOC 11390

    PADILHA, ANGELO F.; MACHADO, IZABEL F.; PLAUT, RONALD L.. Microstructures and mechanical properties of Fe-15 percent Cr-15 percent Ni austenitic stainless steels containing different levels of niobium additions submitted to various processing stages. Journal of Materials Processing Technology, v. 170, n. 1-2, p. 89-96, 2005.

    Palavras-Chave: austenitic steels; stainless steels; niobium additions; laves phases; microstructure; mechanical properties

  • IPEN-DOC 18314

    SOUZA, FABRICIO M.; PLAUT, RONALD L.; LIMA, NELSON B. de ; FERNANDES, RICARDO do C.; PADILHA, ANGELO F.. Recristalização e textura cristalografica de chapas produzidas por lingotamento contínuo e semicontínuo da liga de alumínio AA4006 / Recrystallization and crystallographic texture in AA4006 aluminium alloy sheets produced by twin roll caster and direct chill processes. Revista da Escola de Minas, v. 65, n. 3, p. 363-370, 2012.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; sheets; recrystallization; crystallography; texture; casting; rolling; electron diffraction

  • IPEN-DOC 16755

    PIMENTA JUNIOR, FERNANDO C.; ARRUDA, ANTONIO C.F.; PADILHA, ANGELO F. . Resistance to recrystallization in Al-1% Mn alloys. Zeitschrift fur Metallkunde, v. 77, n. 8, p. 522-528, 1996.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; manganese alloys; microstructure; recrystallization; heat treatments

  • IPEN-DOC 22673

    HERRERA, CLARA; LIMA, NELSON B. de ; PADILHA, ANGELO F.. Textura e relações de orientação em aço inoxidável duplex. Metalurgia e Materiais, v. 62, n. 565, p. 158-161, 2006.

    Palavras-Chave: texture; orientation; stainless steels; austenite; ferrite; x-ray diffraction; electron diffraction; annealing

  • IPEN-DOC 12881

    FERREIRA FILHO, ANTENOR; HERRERA, C.; LIMA, NELSON B. de ; PLAUT, RONALD L.; PADILHA, ANGELO F.. Texture evolution ferritic (AISI 430) stainless steel strips during cold rolling, annealing and drawing. Materials Science Forum, v. 539-543, p. 4926-4931, 2007.

    Palavras-Chave: stainless steels; ferritic steels; crystallography; texture; rolling; annealing; drawing

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.