Navegação por assunto "oysters"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 10660

    SAIKI, M. ; ALVES, E.R. ; CINQUINI, T.R.F.J.; KUBRUSLY, F.S.; VEIGA, L.R.; WINTER, C.E.. Application of neutron activation analysis for trace element determination in plasma and EGG yolk samples of Bothrops jararaca. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; ENCONTRO NACIONAL DE APLICACOES NUCLEARES, 7th, ago. 28 - set. 2, 2005, Santos, SP. Anais... Sao Paulo: ABEN, 2005, 2005.

    Palavras-Chave: neutron activation analysis; elements; trace amounts; plasma; eggs; snakes; oysters; animal tissues; calibration standards

  • IPEN-DOC 18793

    SEO, DANIELE . Avaliação dos teores de Br, Cl, K, Mg, Mn e V em mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758: Mollusca, Bivalvia) coletados no litoral do estado de São Paulo, Brasil / Evaluation of the levels of Br, Cl, K, Mg, Mn and V in Perna perna mussels (Linnaeus, 1758: Mollusca, bivalvia) collected in coast of São Paulo, Brazil . 2012. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 127 p. Orientador: Marina Beatriz Agostini Vasconcellos. DOI: 10.11606/D.85.2012.tde-08032013-161647

    Abstract: O ambiente costeiro tem sido fortemente alterado em função de múltiplos impactos ambientais decorrentes das atividades antrópicas, como por exemplo, o escoamento de esgoto proveniente de áreas urbanas, a liberação de inúmeros produtos químicos das indústrias, a agricultura e o fluxo de embarcações, que podem acarretar vazamentos acidentais de petróleo e derivados, combustíveis e outros produtos transportados por via marítima. Neste contexto, um dos meios para avaliação da contaminação ambiental causada por essas substâncias potencialmente tóxicas em água do mar é a monitoração por meio de diferentes espécies de bivalves, que tem sido utilizada por diversos pesquisadores, do Brasil e do exterior. No que se refere aos moluscos bivalves, particularmente os mexilhões, o seu uso no biomonitoramento da contaminação marinha deve-se principalmente à sua ampla distribuição geográfica, hábito séssil e habilidade de concentrar metais tóxicos em até 102 - 105 vezes em relação às concentrações detectadas na água. No presente trabalho, foi empregado o biomonitoramento passivo com o uso do molusco bivalve Perna perna com relação aos elementos Br, Cl, K, Mg, Mn e V. Foram escolhidos estes elementos uma vez que eles podem ser determinados pelo método de INAA (Análise por Ativação com Nêutrons Instrumental), por meio da irradiação curta o que proporciona análises mais rápidas e também por serem importantes do ponto de vista nutricional ou ambiental. O objetivo do presente trabalho foi avaliar os teores de Br, Cl, K, Mg, Mn e V em amostras de mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758: Mollusca, Bivalvia) coletados em regiões costeiras de São Paulo sujeitas à contaminação antrópica (Ponta de Itaipu e Ilha das Palmas, em Santos), comparando os valores obtidos nos sítios possivelmente impactados com os valores do sítio controle situado na Praia da Cocanha, em Caraguatatuba. Os pontos de coleta no litoral de São Paulo estão localizados nas regiões geográficas 23º 37 S 45º 24 W (Caraguatatuba) e 23º 57\' S - 46º 20\' W (Santos). A coleta dos organismos foi realizada em todas as estações do ano, com início na primavera de 2008 e término no inverno de 2009. As amostras coletadas foram limpas, trituradas, homogeneizadas e secas por meio da liofilização para posterior INAA. O procedimento de INAA consistiu em irradiar alíquotas das amostras obtidas na forma de pó em invólucros de polietileno no reator nuclear IEA R1 do IPEN/CNEN - SP juntamente com padrões sintéticos de elementos. O tempo de irradiação no reator foi de 8 a 10 s e sob o fluxo de nêutrons térmicos de 6,6 x 1012 n cm-2 s-1. As concentrações dos elementos foram calculadas pelo método comparativo. O procedimento de INAA foi validado com relação à exatidão e precisão, por meio das análises dos materiais de referência certificados NIST SRM 1566b Oyster Tissue e NIST SRM 2876 Mussel Tissue. Os resultados destes materiais de referência certificados indicaram uma boa qualidade dos resultados com relação à precisão e exatidão. As faixas das concentrações (em base seca) dos elementos obtidos nos mexilhões coletados em Santos e na Praia da Cocanha para as quatro estações do ano foram de: 173,80 a 358,99 mg kg-1 para Br; 45658 ± 1811 a 109166 ± 824 mg kg-1 para Cl; 7043 ± 856 a 12506 ± 675 mg kg-1 para K; 2774 ± 211 a 5691 ± 717 mg kg-1 para Mg; 7,01 ± 0,30 a 29,74 ± 3,32 mg kg-1 para Mn e 0,77 ± 0,02 a 3,43 ± 0,28 mg kg-1 para V. Foi estudada a variação sazonal e espacial das concentrações desses elementos e também foram comparados esses resultados com valores da literatura. A partir dos resultados obtidos pode - se concluir que os mexilhões da espécie Perna perna, podem ser utilizados como biomonitores da contaminação marinha.

    Palavras-Chave: brazil; coastal waters; seawater; pollution; mussels; oysters; animal tissues; biological indicators; multi-element analysis; neutron activation analysis; calibration standards

  • IPEN-DOC 12123

    CATHARINO, MARILIA G.M.; VASCONCELLOS, M.B.A. ; MOREIRA, E.G. ; SOUSA, E.C.P.M.; PEREIRA, C.D.S.. Biomonitoring in coastal regions of Sao Paulo state using transplanted mussels (perna perna) and intrumental neutron activation analysis. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 8th/ MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 15th, Sept. 30 - Oct. 5, 2007, Santos, SP. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2007, 2007.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; mussels; biological indicators; elements; multi-element analysis; oysters; trace amounts; water pollution control

  • IPEN-DOC 14768

    VILA, GUSTAVO B.; CALDAS, LINDA V.E. . Caracterizacao dosimetrica de casca de ostras para doses altas. In: CONGRESSO DE PROTECAO CONTRA RADIACOES DE PAISES E COMUNIDADES DE LINGUA PORTUGUESA, 1., 24-27 de novembro, 2009, Lisboa, Portugal. Anais... 2009.

    Palavras-Chave: oysters; pellets; powders; teflon; sintering; sample preparation; irradiation procedures; gamma radiation; radiation doses; thermoluminescent dosimetry

  • IPEN-DOC 20775

    VILA, GUSTAVO B. ; CALDAS, LINDA V.E. . Dosimetric properties of biominerals applied to high-dose dosimetry using the TSEE technique. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON SOLID STATE DOSIMETRY , 14th, April 13-16, 2014, Cusco, Peru. Anais... 2014. p. 495-507.

    Palavras-Chave: biological materials; minerals; dosimetry; radiation doses; exoelectron dosemeters; sample preparation; oysters

  • IPEN-DOC 03233

    SCHRAMM, DELSON U.; CATTANI, MARTA M. ; MASTRO, NELIDA L. del ; ROSSI, ALEXANDRE M.. Electron SPIN resonance (ESR) of gamma-irradiated oyster shells. In: CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 6., 27 de outubro - 1 de novembro, 1996, Rio de Janeiro, RJ. Anais... 1996.

    Palavras-Chave: cobalt 60; dose rates; dose-response relationships; dosimetry; electron spin resonance; gamma radiation; oysters; radiation doses; sensitivity

  • IPEN-DOC 07885

    MORAES, I.R.; DEL MASTRO, N.L. ; JAKABI, M.; GELLI, D.S.. Estudo da radiosensibilidade ao sup(60)Co do Vibrio cholerae O1 incorporado em ostras. Revista de Saude Publica, v. 34, n. 1, p. 29-32, 2000.

    Palavras-Chave: biological radiation effects; ionizing radiations; gamma radiation; cobalt 60; bacteria; cholera; oysters; radiosensitivity

  • IPEN-DOC 19498

    GOMEZ, MAURO R.B.P.; ROCHA, FLAVIO R.; SILVA, PAULO S.C. da . Estudo de caracterização de elementos traços em conchas marinhas de Sambaqui: correlação entre conchas recentes e antigas. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 11th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 18th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 3rd, November 24-29, 2013, Recife, PE. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2013, 2013.

    Palavras-Chave: brazil; aquatic organisms; oysters; shells; elements; trace amounts; age groups; biological indicators; aquatic ecosystems; climatic change

  • IPEN-DOC 07881

    GELLI, D.S.; JAKABI, M.; MORAES, I.R.; DEL MASTRO, N.L. . Estudo sobre a incorporacao experimental de Vibrio cholerae 01 nao toxigenico em ostras (Crassostrea brasiliana) vivas. Revista do Instituto Adolfo Lutz, v. 58, n. 2, p. 33-37, 1999.

    Palavras-Chave: oysters; pathogens; bacteria; cholera; ozone; ionizing radiations; bacterial diseases; radiation effects; seafood

  • IPEN-DOC 20584

    COSTA, GABRIELA de J.L. ; SAUEIA, CATIA H.R. ; MAZZILLI, BARBARA P. ; SEMMLER, MARILIA G.M.C. ; SOUSA, EDUINETTY C.P.M. de. Monitoring of sup(226)Ra, sup(228)Ra, sup(210)PB and sup(210)Po in the coastal region of São Paulo state, Brazil, using oyster Crassostrea brasiliana. In: INTERNATIONAL NUCLEAR CHEMISTRY CONGRESS, 4th, September 14-19, 2014, Maresias, SP. Abstract... 2014. p. 272.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; oysters; biological indicators; sample preparation; radium 226; radium 228; lead 210; polonium 210; flow counters; proportional counters; alpha spectroscopy

  • IPEN-DOC 20722

    CATHARINO, M.G.M. ; VASCONCELLOS, M.B.A. ; KIRSCHBAUM, A.A.; GASPARO, M.R.; SOUSA, E.C.P.M. de; MINEI, C.C.; MOREIRA, E.G. . Passive biomonitoring study and effect biomarker in oysters Crassostrea brasiliana (Lamark, 1819: Mollusca, Bivalvia) in Santos and Cananéia Estuaries in São Paulo State, Brazil. Journal of Radioanalytical and Nuclear Chemistry, v. 303, n. 3, p. 2297-2302, 2015.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; estuaries; trace amounts; multi-element analysis; biological markers; oysters; biological accumulation; absorption spectroscopy; neutron activation analysis

  • IPEN-DOC 18784

    VASCONCELLOS, M.B.A. ; CATHARINO, M.G.M.; MOREIRA, E.G. ; KIRSCHBAUM, A.A.; GASPARRO, M.R.; SOUSA, E.C.P.M. de; MINEI, C.C.. Passive biomonitoring study and effect biomarkers in oysters Cassostrea brasiliana(Lamark,1819: Mollusca, Bivalvia) in Santos and Cananeia Estuaries in São Paulo state, Brazil. In: INTERNATIONAL WORKSHOP ON BIOMONITORING OF ATMOSPHERIC POLLUTION, 6th, October 15-19, 2012, Çesme, Imir, Turkey. Abstract... 2012.

    Palavras-Chave: brazil; coastal regions; estuaries; trace amounts; multi-element analysis; biological markers; oysters; biological accumulation; absorption spectroscopy; neutron activation analysis

  • IPEN-DOC 03697

    MARCHESE, S.R.M.; DEL MASTRO, N.L. . Sensibilidade de ostras a radiacao. In: 6o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 27 de outubro - 1 de novembro, 1996, Rio de Janeiro, RJ. 1996.

    Palavras-Chave: oysters; irradiation; radiosensitivity; cobalt 60

  • IPEN-DOC 07891

    MARCHESE, S.R.M.; DEL MASTRO, N.L. . Sensitivity of oysters (Crassostrea brasiliana) to radiation. Nukleonika, v. 42, n. 4, p. 839-846, 1997.

    Palavras-Chave: oysters; pathogens; bacteria; cholera; radiosensitivity; gamma radiation; cobalt 60; radiation doses; ionizing radiations; seafood

  • IPEN-DOC 07896

    GELLI, D.S.; DEL MASTRO, N.L. ; MORAES, I.R.; JAKABI, M.. Study on the radiation sensitivity of pathogenic Vibrionaceae and Enterobacteriaceae in vitro and after inoculation into oysters (Crassostrea brasiliana). 2001, Results... Vienna: IAEA, Apr. 2001, 2001. p. 13-22.

    Palavras-Chave: biological radiation effects; ionizing radiations; gamma radiation; cobalt 60; in vitro; bacteria; radiosensitivity; in vivo; oysters; radicidation; radiation doses

  • IPEN-DOC 18064

    CARNEIRO, CARLA da S.; MARSICO, ELIANE T.; JESUS, EDGAR F.O. de; RIBEIRO, ROBERTA de O.R.; BARBOSA, RENATA de F.. Trace elements in fish and oysters from Sepetiba Bay (Rio de Janeiro - Brazil) determined by total reflection X-ray fluorescence using synchrotron radiation. Chemistry and Ecology, v. 27, n. 1, p. 1-8, 2011.

    Palavras-Chave: trace amounts; elements; fishes; oysters; contamination; bays; x-ray fluorescence analysis; synchrotron radiation

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.