Navegação por assunto "magnesium alloys"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 18117

    PEREIRA, VIVIAM S.M.; OLIVEIRA, MARA C.L. de; CORREA, OLANDIR V. ; ANTUNES, RENATO A.. Avaliação das propriedades semicondutoras do filme de óxido sobre a liga AZ91D após tratamento térmico de solubilização. In: CONGRESSO NACIONAL DE ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS E INSPEÇÃO, 11., 10-13 de maio, 2011, Porto de Galinhas, PE. Anais... 2011.

    Palavras-Chave: semiconductor materials; films; oxides; magnesium alloys; corrosion resistance; heat treatments; solubility; polarization; microscopy; optical microscopy; scanning electron microscopy; impedance; spectroscopy

  • IPEN-DOC 16766

    BUSO, S.J.; ALMEIDA FILHO, A.; MONTEIRO, W.A. . Characterization by TEM of a supersaturated P/M Al-Mg-Zr alloy after thermal treatments. Materials Science Forum, v. 426-432, p. 4179-4184, 2003.

    Palavras-Chave: powder metallurgy; aluminium alloys; magnesium alloys; zirconium alloys; heat treatments; transmission electron microscopy

  • IPEN-DOC 27553

    MILAGRE, MARIANA X. ; FRANCO, MARGARETH ; GENEZINI, FREDERICO ; WIMPORY, ROBERT C.; YOKAICHIYA, FABIANO; COSTA, ISOLDA . A correlation between microstructure and residual stress in the 6061 Al–Mg–Si alloy with different thermomechanical process. SN Applied Sciences, v. 2, n. 12, 2020. DOI: 10.1007/s42452-020-03945-y

    Abstract: Depending on the nature of the loading during service, the level and nature of residual stress can contribute to the lower service-life of a component. In this study the internal level of the residual stress of a 6061 Al–Mg–Si alloy with different thermomechanical processes was evaluated by residual stress neutron diffraction (RSND). Commercial tempers such as T6 (peak aged) and O (annealed) were compared with the 6061 alloy after different steps of a thermomechanical processing used for the manufacturing of nuclear fuel plates, R3 and R9H60. The results showed that the lowest level of residual stress was found for the peak age, T6 condition. This was associated with the highest microhardness value (highest density of "β″ phase) and lowest grain size. The O temper was the only condition which showed compressive residual stress and the most coarsened precipitates. The nuclear thermomechanical processes, R3 and R9H60, resulted in increased level residual stress related to the T6 and showed a tensile nature in relation to its parent material (6061-O). Moreover, the RSND technique allows observing that the texture is also higher for the samples processed by the nuclear thermomechanical process due the hot rolling stage.

    Palavras-Chave: microstructure; residual stresses; aluminium alloys; neutron diffraction; thermomechanical treatments; magnesium alloys; silicon alloys; friction welding

  • IPEN-DOC 20093

    OLIVEIRA, MARA C.L. de; PEREIRA, VIVIAM S.M.; CORREA, OLANDIR V. ; ANTUNES, RENATO A.. Corrosion performance of anodized AZ91D magnesium alloy: effect of the anozizing potential on the film structure and corrosion behavior. Journal of Materials Engineering and Performance, v. 23, n. 2, p. 593-603, 2014.

    Palavras-Chave: anodization; corrosion; magnesium alloys; films; electrolytes; surface treatments; corrosion resistance; spectroscopy; impedance

  • IPEN-DOC 14478

    BANCZEK, E.P.; ZARPELON, L.M.C. ; FARIA, R.N. ; COSTA, I. . Corrosion resistance and microstructure characterization of rare-earth-transition metal-aluminium-magnesium alloys. Journal of Alloys and Compounds, v. 479, n. 1-2, p. 342-347, 2009.

    Palavras-Chave: corrosion resistance; microstructure; rare earth alloys; rare earth compounds; transition elements; aluminium alloys; magnesium alloys; scanning electron microscopy; electrochemistry; polarization; impedance; spectroscopy

  • IPEN-DOC 26148

    SILVA, CAIO A.J. da ; COSTA, ISOLDA ; ROSSI, JESUALDO L. ; SAIKI, MITIKO . Determination of chemical elements in magnesium- based materials by neutron activation analysis. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Energia Nuclear, 2019. p. 427-437.

    Abstract: Over the last decades there was an increasing interest in using magnesium alloys for medical applications due to their biodegradability in the human body, providing a temporary mechanical support and corroding completely after the tissue healing. Although magnesium is a non-toxic element, it is of great importance to evaluate the element concentration, as well as the impurities present in both, pure magnesium and magnesium alloys, as the AZ31. The purpose of this study was to analyze the element composition of these materials using the method of neutron activation analysis (NAA). Standard Reference Materials (SRMs) acquired from National Institute of Standards and Technology (NIST) were analyzed for analytical quality control. Short and long term irradiations were carried out at the IEA-R1 nuclear research reactor and gamma-ray activities induced to the samples and element standard were measured using HPGe detector coupled to a Digital Spectrum Analyzer. The radioisotopes were identified by gamma ray energies and half-life. Concentrations of the elements As, Cr, Cd, Co, Fe, In, La, Mg, Mn, Mo, Na, Sb, V, W and Zn were determined in pure magnesium sample and the Al, As, La, Mg, Mn, Na, Sb and Zn in the AZ31 alloy, calculated by comparative method. The SRMs were analyzed by applying the same experimental conditions used for magnesium-based materials and their results presented good accuracy and precision. Thus, from the measurements obtained in this study it can be concluded that NAA is a suitable method for element determinations in magnesium-based materials providing reliable results.

    Palavras-Chave: biological materials; chemical analysis; iear-1 reactor; irradiation; magnesium alloys; medicine; neutron activation analysis; prostheses

  • IPEN-DOC 27919

    SILVA, C.A.J. ; BRAGUIN, L.N.M. ; ROSSI, J.L. ; COSTA, I. ; SAIKI, M. . Determination of chemical elements in magnesium-based materials by neutron activation analysis. Brazilian Journal of Radiation Sciences, v. 9, n. 1A, p. 1-16, 2021. DOI: 10.15392/bjrs.v9i1A.1584

    Abstract: Over the last decades there was an increasing interest in using magnesium alloys for medical applications due to their biodegradability in the human body, providing a temporary mechanical support and corroding completely after the tissue healing. Although magnesium is a non-toxic element, it is of great importance to evaluate the element concentration, as well as the impurities present in both, pure magnesium and magnesium alloys, as the AZ31. The purpose of this study was to analyze the element composition of these materials using the method of neutron activation analysis (NAA). Standard Reference Materials (SRMs) acquired from National Institute of Standards and Technology (NIST) were analyzed for analytical quality control. Short and long term irradiations were carried out at the IEA-R1 nuclear research reactor and gamma-ray activities induced to the samples and element standard were measured using HPGe detector coupled to a Digital Spectrum Analyzer. The radioisotopes were identified by gamma ray energies and half-life. Concentrations of the elements As, Cr, Cd, Co, Fe, In, La, Mg, Mn, Mo, Na, Sb, V, W and Zn were determined in pure magnesium sample and the Al, As, La, Mg, Mn, Na, Sb and Zn in the AZ31 alloy, calculated by comparative method. The SRMs were analyzed by applying the same experimental conditions used for magnesium-based materials and their results presented good accuracy and precision. Thus, from the measurements obtained in this study it can be concluded that NAA is a suitable method for element determinations in magnesium-based materials providing reliable results.

    Palavras-Chave: biological materials; gamma radiation; high-purity ge detectors; impurities; magnesium alloys; quality control

  • IPEN-DOC 11101

    ABREU, ALUISIO P. . Efeito de aditivos na resistência ao ataque em concreto refratário a base de sílica pela liga Al-5 (porcento)Mg. 2005. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 101 p. Orientador: Jose Carlos Bressiani.

    Palavras-Chave: refractories; concretes; silica; aluminium; melting; furnaces; failures; additives; aluminium alloys; magnesium alloys

  • IPEN-DOC 18449

    FERREIRA, E.A.; TAKIISHI, H. ; FARIA R.N.. Effect of Nb content on the structural and electrochemical properties of the La0.7Mg0.3Al0.3Mn0.4Co(0.5-x)NbxNi3.8(x=0-0.5) hydrogen storage alloys. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Resumos... 2012. p. 8044.

    Palavras-Chave: electrochemistry; lanthanum alloys; magnesium alloys; aluminium alloys; manganese alloys; cobalt alloys; niobium alloys; nickel alloys; hydrogen storage; electrodes; electric batteries; microstructure; icp mass spectroscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 20829

    CASINI, JULIO C.S. ; GUO, ZAIPING; LIU, HUA K.; FERREIRA, ELINER A. ; FARIA, RUBENS N. ; TAKIISHI, HIDETOSHI . Effect of Sn substitution for Co on microstructure and electrochemical performance of ABsub(5) type Lasub(0.7)Mgsub(0.3)Mnsub(0.4)Cosub(0.5)-sub(x)Snsub(3.8)(x=0-0.5) alloys. Transactions of Nonferrous Metals Society of China, v. 25, n. 2, p. 520-526, 2015.

    Palavras-Chave: microstructure; electrochemistry; lanthanum alloys; magnesium alloys; cobalt alloys; tin alloys; hydrogen storage; electrodes; electric batteries; scanning electron microscopy; electric discharges

  • IPEN-DOC 07752

    COSTA, I. ; ROSSI, J.L. ; TRALDI, S.M.. Estudo comparativo do comportamento de corrosao da liga AA 6061 e do composito AA 6061 reforcados com fibras curtas de alumina. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CORROSAO, 19., 1999, Rio de Janeiro, RJ. 1999.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; magnesium alloys; silicon alloys; composite materials; reinforced materials; aluminium oxides; corrosion

  • IPEN-DOC 18446

    MONTEIRO, WALDEMAR A. ; BUSO, SIDNEI J.. Estudos de nanoprecipitados presentes em ligas de AlMgNb obtidas por processos de metalurgia do pó após tratamentos termomecânicos especiais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Resumos... 2012. p. 6982.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; magnesium alloys; niobium alloys; nanostructures; powder metallurgy; thermomechanical treatments

  • IPEN-DOC 09673

    BUSO, SIDNEI J. . Estudos do efeito da composicao quimica e da conformacao mecanica na cinetica de recristalizacao de ligas Al-Mg-Zr. 2004. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 107 p. Orientador: Waldemar Alfredo Monteiro.

    Palavras-Chave: powder metallurgy; aluminium base alloys; magnesium alloys; zirconium additions; microstructure; grain growth; recrystallization; nucleation

  • IPEN-DOC 25065

    BORGES, ARNALDO A.C. ; ARAUJO, MAYARA C. de ; COUTO, ANTONIO A. ; LIMA, NELSON B. de ; CONTATORI, CHESTER . Evaluation of the residual stress and microstructure of extruded and shot peened aluminum alloy 6082. Materials Science Forum, v. 930, p. 507-512, 2018. DOI: 10.4028/www.scientific.net/MSF.930.507

    Abstract: Aluminum-magnesium-silicon alloys have been widely used as extruded products due to its mechanical strength and high ductility. The effects induced by shot peening has been extensively used in materials that have potential for structural applications. In this context, the purpose of this study was to evaluate the residual stress induced by shot peening of extruded aluminum alloy 6082. Initially, the effect of heat treatments such as solution treatment and ageing of this alloy was studied. The residual stress measurements were carried out using x-ray diffraction. The microstructure of the alloy was studied by optical microscopy. The crystallographic texture was determined using x-ray diffraction and back-scattered electron diffraction. The heat treatment sequence that resulted in the highest hardness of Al alloy 6082 was solution treatment at 560ºC for 30 min, followed by ageing at 185ºC for 5 h. The residual stress in compression of the extruded alloy’s surface increased by 87.38%, from -66.6 to -124.8 MPa, caused by shot peening. The residual stress profile indicated an increase in its value up to a depth of 86 μm, beyond which the values obtained were unreliable. The extruded section revealed accentuated crystallographic texture in the (111) plane parallel to the cross-section and in the (200) and (220) planes oriented preferentially in the longitudinal direction to extrusion and perpendicular to the (111) plane.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; magnesium alloys; silicon alloys; shot peening; texture; crystallography; residual stresses; x-ray diffraction; x-ray spectrometers

  • IPEN-DOC 22029

    OLIVEIRA, M.M.; COUTO, A.A. ; BALDAN, R.; REIS, D.A.P.; VATAVUK, J.; VENDRAMIM, J.C.; LIMA, N.B. . Heat treatment of Mg-7Sn-1Si magnesium casting alloy. In: INFERENCE ON ADVANCED COMPUTATIONAL ENGINEERING AND EXPERIMENTING, 9th, 29 June - 2 July, 2015, Munich, Germany. Abstract... 2015. p. 197.

    Palavras-Chave: heat treatments; magnesium alloys; silicon; tin; microstructure; gravitation; scanning electron microscopy; transmission electron microscopy

  • IPEN-DOC 16541

    CASINI, JULIO C.S.; ZARPELON, LIA M.C. ; FERREIRA, ELINER A.; TAKIISHI, HIDETOSHI ; FARIA JUNIOR, RUBENS N. de . Hydrogenation and discharge capacity of a Lasub(0.7)Mgsub(0.3)Alsub(0.3)Mnsub(0.4)Cosub(0.5)Nisub(3.8) alloy for nickel-metal hydride batteries. Materials Science Forum, v. 660-661, p. 128-132, 2010.

    Palavras-Chave: nickel; metals; nickel hydrides; electric batteries; lanthanum alloys; magnesium alloys; aluminium alloys; manganese alloys; cobalt alloys; nickel alloys; hydrogen storage; x-ray diffraction; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 18405

    OLIVEIRA, MARA C.L. de; PEREIRA, VIVIAM S.M.; CORREA, OLANDIR V. ; ANTUNES, RENATO A.. Influence of the anodizing potential on the porosity of the anode oxide film and on the corrosion resistance of AZ91D magnesium alloy. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Anais... 2012. p. 7322-7333.

    Observação: arquivo não disponível no Repositório

    Palavras-Chave: magnesium alloys; anodization; surface treatments; corrosion resistance; porosity; films; impedance; spectroscopy

  • IEA-PUB-237

    IERVOLINO, J.R.; CINTRA, S.H.L. . Influencia de ligas Al-Mg na obtencao de elementos combustiveis com nucleo de liga Al-U-Si. 1971. p.

    Palavras-Chave: aluminium base alloys; defects; fabrication; fuel plates; hot working; magnesium alloys; mechanical properties; metallography; microstructure; research reactors; rolling; silicon additions; uranium alloys

  • IPEN-DOC 21998

    FIM, RAFAEL G.T. ; TAKIISHI, HIDETOSHI . Influência do estanho na absorção de hidrogênio em ligas à base de LaMgAlMnCoNiSn. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 20.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 11.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 4., 22-23 de outubro, 2014, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2014. p. 143-143.

    Palavras-Chave: tin; sorption; hydrogen; alloys; lanthanum alloys; magnesium alloys; aluminium alloys; manganese alloys; cobalt alloys; nickel alloys; tin alloys; microstructure; x-ray fluorescence analysis; x-ray diffraction; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 18116

    PEREIRA, VIVIAM S.M.; OLIVEIRA, MARA C.L. de; CORREA, OLANDIR V. ; ANTUNES, RENATO A.. Investigação do efeito de um tratamento térmico de sulubilização sobre a resistência à corrosão da liga AZ91D em solução fisiológica. In: CONGRESSO NACIONAL DE ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS E INSPEÇÃO, 11., 10-13 de maio, 2011, Porto de Galinhas, PE. Anais... 2011.

    Palavras-Chave: heat treatments; solubility; corrosion resistance; magnesium alloys; sodium chlorides; microstructure; optical microscopy; scanning electron microscopy; spectroscopy

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.