Navegação por assunto "immobilization"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 03996

    GIRALDELLI, MARILENE A. . Alguns aspectos sobre a utilizacao de cimento Portland como matriz para imobilizacao de rejeitos radioativos. 1990. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 146 p. Orientador: Yasuko Tesuka.

    Palavras-Chave: cements; immobilization; radioactive wastes; immobilization

  • IPEN-DOC 01664

    HAMADA, M.M. ; MESQUITA, C.H. ; SILVA, C.P.G. . Desenvolvimento de uma tecnica de fase solida para radioimunoensaio do hormonio triiodotiroinina (Tsub(3)) no soro. In: 2o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 24-29 de abril, 1988, Rio de Janeiro, RJ. 1988. p. 209-218.

    Palavras-Chave: radioimmunoassay; triiodothyronine; antibodies; diagnostic techniques; immune serums; immobilization

  • IPEN-DOC 20740

    BENEGA, MARCOS A.G. . Estudo e desenvolvimento de fonte de fósforo-32 imobilizado em matriz polimérica para tratamento de câncer paravertebral e intracranial / Study and development of phosphorus-32 source immobilized in polymer matrix for paraspinal and intracranial cancer treatment . 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 63 p. Orientador: Maria Elisa Chuery Martins Rostelato. DOI: 10.11606/D.85.2015.tde-01042015-141830

    Abstract: As últimas estimativas da Organização Mundial da Saúde mostram a ocorrência de 14,1 milhões de novos casos de câncer em 2012. Sendo que desses casos, 8,2 milhões virão a óbito. Os tumores paravertebrais e intracraniais, também chamados de cânceres do Sistema Nervoso Central, tem origem no cérebro, nervos cranianos e meninges. Uma nova modalidade de braquiterapia começou a ser usada nesta última década. Neste procedimento, placas poliméricas flexíveis, carregando fósforo-32, são colocadas próximas ou em contato ao tumor para o tratamento. Este tratamento apresenta vantagens em relação aos demais porque aplica uma alta taxa de dose no tumor poupando tecidos sadios. A produção destas placas ainda é pouco estudada, embora já existam resultados satisfatórios no seu uso para o tratamento dos cânceres do sistema nervoso central. Neste trabalho foram realizados estudos iniciais para a produção deste tipo de placas poliméricas para braquiterapia. Foram avaliadas as propriedades mecânicas e a capacidade de imobilização de material radioativo de duas resinas comercias, uma poliuretânica e outra epoxídica, com e sem presença de substrato de policarbonato. Os testes iniciais apontaram o uso da resina epoxídica como melhor alternativa e com o uso dela foram feitos os primeiros protótipos e testes. O uso do policarbonato como substrato não foi necessário em uma das metodologias, facilitando o procedimento, mas oferecendo uma barreira menor de segurança. Os ensaios de tração mostraram que a adição de solução ácida à resina epóxi alterou suas características mecânicas, mas houve uma pequena melhora em sua flexibilidade. Os testes de adesão evidenciaram uma melhor adesão da resina à face texturizada do policarbonato. A termogravimetria mostrou que a solução ácida adicionada a resina fica presa à estrutura mesmo com elevações de temperatura acima de 100°C. A resina epoxídica utilizada teve a capacidade de incorporar o material radioativo em forma de solução ácida e manter-se estanque após testes de esfregaço e imersão em líquido quente. De acordo com os resultados obtidos, a produção destas placas com resina epoxídica é possível e atende às normas internacionais de segurança contra vazamento de material radioativo para fontes utilizadas em braquiterapia.

    Palavras-Chave: neoplasms; brachytherapy; radiation source implants; central nervous system; brain; vertebrae; phosphorus 32; immobilization; polyurethanes; epoxides; mechanical properties; thermal gravimetric analysis

  • IPEN-DOC 01635

    RZYSKI, B.M. ; SUAREZ, A.A.. Evaluation of homogeneity of radioactive waste forms: statistical criteria. Nuclear Chemical Waste Management, v. 8, p. 211-215, 1988.

    Palavras-Chave: waste forms; cements; immobilization; mixing ratio; solidification; water

  • IPEN-PUB-323

    RZYSKI, B.M.; SUAREZ, A.A.. Evaluation of hydration temperature of Portland cement when used as a radwaste immobilization matrix. 1990. 10 p.

    Palavras-Chave: cements; hydration; temperature dependence; radioactive wastes; immobilization

  • IPEN-DOC 03298

    SUAREZ, A.A.; RZYSKI, B.M.; SATO, I.M. . Forecast of radionuclides release from actual waste form geometries. In: 1989 JOINT INTERNATIONAL WASTE MANAGEMENT CONFERENCE, Oct. 22-28, 1989, Kyoto, Japan. 1989.

    Palavras-Chave: radioactive waste disposal; immobilization; waste forms

  • IPEN-DOC 04803

    QUEIROZ, A.A.A.; HIGA, O.Z. ; NAKAYAMA, F.M.; RODAS, A.C.D.. Immobilization of albumim and glucose oxidase to radiation grafted polymeric substrates. In: 22nd REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOQUIMICA E BIOLOGIA MOLECULAR, May 1-4, 1993, Caxambu, MG. Abstract, 1993. p. G-31.

    Palavras-Chave: albumins; glucose; oxidases; immobilization; graft polymers

  • IPEN-DOC 04870

    RZYSKI, B.M.; MARUMO, J.T. ; SUAREZ, A.A.. Imobilizacao de rejeitos radioativos de reatores de potencia em cimento. In: SIMPOSIO SOBRE ENERGIA NUCLEAR E MEIO AMBIENTE, 28 de junho - 1 de julho, 1993, Rio de Janeiro, RJ. 1993. p. PIV-1 - PIV-9.

    Palavras-Chave: resins; ion exchange materials; cements; immobilization

  • IPEN-DOC 05848

    RODAS, A.C.D.; TAODA, M.; QUEIROZ, A.A.A.; HIGA, O.Z. . Radiation modified polymer supports for the urease immobilization. In: 24a. REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOQUIMICA E BIOLOGIA MOLECULAR, 6-9 de maio, 1995, Caxambu, MG. Abstract... 1995. p. 102.

    Palavras-Chave: polyethylenes; polypropylene; urease; immobilization

  • IPEN-DOC 03166

    HIGA, O.Z. . Radioimmobilization of biocomponents. In: 6th JAPAN-BRAZIL SYMPOSIUM ON SCIENCE AND TECHNOLOGY, Aug. 10-13, 1988, Sao Paulo, SP. 1988.

    Palavras-Chave: cellulase; immobilization; chemical radiation effects; polymerization; gamma radiation; cobalt 60; monomers; electron beams; irradiation

  • IPEN-PUB-330

    ENDO, L.S. . Tratamento de rejeitos radioativos compostos por solventes organicos: sistema TBP/dodecano. 1991. 20 p.

    Palavras-Chave: radioactive wastes; liquid wastes; tbp; dodecane; phosphoric acid; solvent extraction; pvc; immobilization

  • IPEN-DOC 01704

    SUAREZ, A.A.; ROZENTAL, J.J.. Treatment and conditioning of institutional waste in Brazil. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON MANAGEMENT OF LOW-AND INTERMEDIATELEVEL RADIOACTIVE WASTES, May 16-20, 1988, Stockholm, Sweden. 1988.

    Palavras-Chave: radioactive waste processing; radioactive waste storage; waste management; immobilization; compacting; environmental policy; brazil

  • IPEN-DOC 03524

    HIGA, O.Z. . Urease immobilization by electron beam curing. In: PAN AMERICAN ASSOCIATION OF BIOCHEMICAL SOCIETIES 6th CONGRESS, Feb. 18-22, 1990, Sao Paulo, SP. 1990.

    Palavras-Chave: urease; immobilization; electron beams; curing

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.