Navegação por assunto "gravimetric analysis"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 01882

    SISTI, C. ; PIRES, M.A.F. . Analise quimica de ligas especiais U-Si, na fase Usub(3)Sisub(2). In: 3o. ENCONTRO NACIONAL DE APLICACOES NUCLEARES, 7-11 de agosto, 1995, Aguas de Lindoia, SP. 1995. p. 739-744.

    Palavras-Chave: fuel elements; research reactors; uranium silicates; chemical analysis; dehydration; evaporation; gravimetric analysis

  • IPEN-DOC 21099

    MOURA, SERGIO C. ; REDIGOLO, MARCELO M. ; AMARAL, PRISCILA O. ; LEAO, CLAUDIO ; OLIVEIRA, GLAUCIA A.C. de; BUSTILLOS, OSCAR V. . Analysis of hydrogen, carbon, sulfur and volatile compounds in (Usub(3)Sisub(2)-Al) nuclear fuel. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 12th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 19th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 4th, October 4-9, 2015, São Paulo, SP. Proceedings... 2015.

    Palavras-Chave: nuclear fuels; volatile matter; carbon; sulfur; hydrogen; aluminium; uranium silicates; iear-1 reactor; gravimetric analysis; infrared radiation; quality control; thermal conductivity

  • IPEN-DOC 25334

    COSTA, P.D.O.L. ; ROSSI, J.L. ; COSTA, I. ; COUTO, C.P. . Análise gravimétrica do revestimento de zinco-níquel de um aço 22MnB5 E zinco puro / Gravimetric analysis of zinc-nickel coating in 22MnB5 steel and pure zinc. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 23., 04-08 de novembro, 2018, Foz do Iguaçu, PR. Anais... 2018. p. 4920-4925.

    Abstract: O aço de alta resistência 22MnB5 é utilizado com revestimento de alumínio-silício com o objetivo de melhorar a resistência a corrosão e desgaste em peças que favorecem o fenômeno corrosivo. Uma alternativa para a substituição do revestimento alumínio-silício é uma composição química do revestimento utilizando zinco-níquel. Neste trabalho foi estudado o processo de perda de massa nos meios corrosivos (ácido, neutro e alcalino). Foram utilizadas três variáveis: revestimento zinco-níquel como recebido, revestimento zinco-níquel estampado e zinco puro. Foi constatado que em meios ácidos (pH’s de 0 a 1) o processo de corrosão foi muito intenso para todos os materiais, do pH 3 ao 13 a perda de massa foi insignificante, havendo a proteção do material pela camada passiva. O revestimento estampado se mostrou com maior tendência a perda de massa enquanto que o revestimento como recebido se mostrou bem resistente.

    Palavras-Chave: steels; gravimetric analysis; nickel; zinc; surface coating; silicon; aluminium; mass loss

  • IPEN-DOC 19368

    SCAPIN, MARCOS A. ; SILVA, CLAYTON P.; COTRIM, MARYCEL E.B. ; PIRES, MARIA A.F. . Application of multivariate calibration for simultaneous determination of major and minor constituents in Usub(3)Sisub(2) by X-ray fluorescence. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 11th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 18th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 3rd, November 24-29, 2013, Recife, PE. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2013, 2013.

    Palavras-Chave: uranium silicides; uranium oxides u3o8; multi-element analysis; interfering elements; calibration; x-ray fluorescence analysis; volumetric analysis; gravimetric analysis; icp mass spectroscopy

  • IPEN-DOC 09488

    OLIVEIRA, M.C.L.; SAIKI, M. ; COSTA, I. . Avaliacao da resistencia a corrosao de ima de Nd-Fe-B por meio de ensaio gravimetrico. In: CONFERENCIA SOBRE TECNOLOGIA DE EQUIPAMENTOS, 7., 9-12 set, 2003, Florianopolis, SC. Anais... 2003.

    Palavras-Chave: permanent magnets; neodymium alloys; iron alloys; boron alloys; corrosion; corrosion resistance; magnetization; gravimetric analysis; neutron activation analysis; corrosion products; microstructure

  • IPEN-DOC 11967

    FERREIRA, JOAO C. ; CARVALHO, FATIMA M.S. de ; ZINI, JOSIANE; SCAPIN, MARCOS A. ; ABRAO, ALCIDIO . Behavior of dialysis for the rare earth elements in cationic membranes. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 8th/ MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 15th, Sept. 30 - Oct. 5, 2007, Santos, SP. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2007, 2007.

    Palavras-Chave: rare earths; dialysis; cations; membranes; fractionation; gravimetric analysis; spectroscopy; x-ray fluorescence analysis

  • IPEN-DOC 19289

    MOURA, SERGIO C. ; COELHO, FELIPE P.; BUSTILLOS, JOSE O.V. . Characterization of carbon, sulfur and volatile compounds in nuclear fuel Usub(2)Sisub(2)-Al. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 11th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 18th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 3rd, November 24-29, 2013, Recife, PE. Proceedings... São Paulo: ABEN, 2013, 2013.

    Palavras-Chave: carbon; sulfur; volatile matter; nuclear fuels; fuel plates; uranium silicides; aluminium; gravimetric analysis; quality control

  • IPEN-DOC 09680

    MOURA, S.C. ; LIMA, N.B. ; LIMA, L.M.F.G. ; SASSINE, A.; VEGA BUSTILLOS, J.O.W. . Characterization of the stoichiometric ratio O/U in UOsub(2) samples by gravimetric and voltametric methods. Materials Science Forum, v. 416/418, p. 737-742, 2003.

    Palavras-Chave: uranium dioxide; nuclear fuels; stoichiometry; oxygen; uranium; concentration ratio; gravimetric analysis; voltametry; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 08109

    MOURA, S.C. ; LIMA, N.B. ; LIMA, L.M.F.G. ; SASSINE, A.; VEGA BUSTILLOS, J.O.W. . Characterization of the stoichiometric ratio O/U in UOsub(2) samples by gravimetric and voltametric methods. In: ADVANCED POWDER TECHNOLOGY 3 - INTERNATIONAL LATIN-AMERICAN CONFERENCE ON POWDER TECHNOLOGY, 2rd, Nov. 26-28, 2001, Florianopolis, SC. Proceedings... 2001. p. 989-994.

    Palavras-Chave: uranium dioxide; nuclear fuels; stoichiometry; oxygen; uranium; concentration ratio; gravimetric analysis; voltametry; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 09449

    SILVA, C.M.; PIRES, M.A.F. . Determinacao da concentracao total de terras raras em oxido de uranio-gadolinio por gravimetria, com separacao previa do uranio. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento, v. 4, n. 3, Parte 2, p. 1700-1702, 2002.

    Palavras-Chave: gadolinium; uranium dioxide; gadolinium oxides; rare earths; gravimetric analysis; fuel pellets; nuclear fuels

  • IPEN-DOC 08864

    SILVA, C.M.; PIRES, M.A.F. . Determinacao da concentracao total de terras raras em oxido de uranio-gadolinio por gravimetria, com separacao previa do uranio. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; NATIONAL MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 6th, Aug. 11-16, 2002, Rio de Janeiro, RJ. Proceedings... Rio de Janeiro: ABEN, 2002, 2002.

    Palavras-Chave: gadolinium; uranium dioxide; gadolinium oxides; rare earths; gravimetric analysis; fuel pellets; nuclear fuels

  • IPEN-DOC 06787

    MOURA, SERGIO C. . Determinacao da razao estequiometrica em amostras de dioxido de uranio. 1999. Dissertacao [Mestrado] - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 110 p. Orientador: Nelson Batista de Lima.

    Palavras-Chave: nuclear fuels; uranium dioxide; stoichiometry; gravimetric analysis; voltametry; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 07257

    MOURA, S.C. ; LIMA, N.B. ; SASSINE, A.; VEGA BUSTILLOS, J.O.W. . Determinacao da razao estequiometrica em amostras de UOsub(2). In: CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 8.; ENCONTRO NACIONAL DE APLICACOES NUCLEARES, 5., 5-20 out, 2000, Rio de Janeiro, RJ. Anais... Rio de Janeiro: ABEN, 2000, 2000.

    Palavras-Chave: uranium dioxide; nuclear fuels; stoichiometry; gravimetric analysis; voltametry; x-ray diffraction

  • IPEN-PUB-101

    VEGA BUSTILLOS, J.O.W. ; RIELLA, H.G.. Determinacao da razao O/U no dioxido de uranio pela tecnica gravimetrica. 1985. 8 p.

    Palavras-Chave: gravimetric analysis; concentration ratio; uranium dioxide

  • IPEN-DOC 03781

    FERRARI, K.R.; HIRATA, M.; VEGA BUSTILLOS, J.O.W. ; RIELLA, H.G.. Determinacao da relacao O/U das pastilhas sinterizadas de oxido de uranio-gadolinio pela tecnica gravimetrica. In: 3o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 22-27 de julho, 1990, Rio de Janeiro, RJ. 1990. p. 38-43.

    Palavras-Chave: uranium oxides; gadolinium oxides; gravimetric analysis

  • IPEN-DOC 05369

    SILVA, C.M.; PIRES, M.A.F. . Determinacao de sulfato em sais de torio pela tecnica gravimetrica com separacao previa do torio. In: 5o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 28 de agosto - 2 de setembro, 1994, Rio de Janeiro, RJ. 1994. p. 559-560.

    Palavras-Chave: sulfates; thorium; gravimetric analysis

  • IEA-PUB-341

    FEDERGRUEN, L. ; ABRAO, A. . Determinacao dos conteudos de UOsub(2)Fsub(2), de UOsub(2) e de UFsub(4) em tetrafluoreto de uranio. 1974. 14 p.

    Palavras-Chave: ammonium compounds; chemical analysis; ethanol; gravimetric analysis; oxalates; production; solvent extraction; uranium dioxide; uranium tetrafluoride; uranyl fluorides

  • IPEN-DOC 26917

    ARTHUR, VALTER ; GUEDES, ELIANE D.F. da S.; SILVA, LUCIA C.A.S.; PIRES, JULIANA A. ; HARDER, MARCIA N.C.; FRANCO, SUELY S.H. ; ARTHUR, PAULA B. ; FRANCO, CAMILO F. de O.; CAZE FILHO, JORGE. Efeitos da radiação gama nas características físico-químicas do arroz pré-cozido / Effects of gamma irradiation on the physicochemical characteristics of pre-cooked rice. Revista Tecnologia & Ciência Agropecuária, v. 10, n. 6, p. 83-86, 2016.

    Abstract: A pesquisa teve como objetivo avaliar os efeitos da radiação gama nas características físico-químicas do arroz pré-cozido como um método de conservação. A pesquisa foi realizada no laboratório de Radiobiologia e Ambiente do Centro de Energia Nuclear na Agricultura –CENA/USP, Piracicaba, SP., Brasil.As amostras foram irradiadas com doses de:0(controle); 1,0; 2,0; e 3,0 kGy, em um irradiador de Cobalto-60, tipo Gammacell-220, sob uma taxa de dose de 0,256 kGy/hora. Após a irradiação foram realizadas análises físicas químicas das amostras irradiadas e do controle. Para a analise dos resultados foi utilizado teste de Tukey (p ≤ 0,05) para verificar as diferenças estatísticas entre os tratamentos. Pelos resultados concluiu-se que o processo de irradiação na dose de 3 kGy pode ser utilizado na conservação das propriedades do arroz pré-cozido.

    Palavras-Chave: gamma radiation; cereals; rice; food processing; qualitative chemical analysis; cobalt 60; gravimetric analysis; irradiation; gamma sources

  • IPEN-DOC 19691

    YAMAGUISHI, RENATA B. . Especiação de alumínio em águas subterrâneas na região do manancial Billings: aplicação da radiação ionizante na digestão amostral para fins analíticos e na proposta de remediação / Speciation of aluminium in groundwater on Billings dam area: applications of the ionizing radiation for digesting of water samples and proposal of remediation . 2013. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 174 p. Orientador: José Eduardo Manzoli. DOI: 10.11606/T.85.2013.tde-10122013-113125

    Abstract: A represa Billings é o maior manancial superficial do Estado de São Paulo cuja importância está ligada ao abastecimento público, à geração de energia, à pesca, à recreação e ao lazer para a cidade de São Paulo e os municípios da sua região metropolitana. Nos últimos anos essa região vem sofrendo grande impacto ambiental. Apesar de ser uma APA (Área de Proteção Ambiental), há no entorno da represa, vários tipos de assentamentos cujas famílias utilizam para o seu consumo a água proveniente de poços situados, muitas vezes, a poucos metros da represa, já que inexiste o acesso à rede de saneamento básico (tratamento de água e esgoto em rede pública). De acordo com relatórios de entidades governamentais, observa-se que a espécie química alumínio está presente nas águas da represa em valores acima do permitido, o que gera preocupações relacionadas à contaminação do meio ambiente e à saúde da população; por outro lado, há poucas informações sobre a qualidade das águas subterrâneas da região. Considerando-se essa deficiência de informações, este trabalho teve como objetivo investigar a possível contaminação de poços, partindo da aplicação de um programa criado o PAMQUÁ ® - que auxiliou e direcionou à tomada de decisão a um determinado contaminante de risco à saúde humana encontrado na água e como o uso da radiação ionizante pôde ser aplicada no beneficiamento de diagnóstico químico e em solução para tratamento específico. Dessa forma, pôde-se ter o respaldo de que a espécie química alumínio é o principal contaminante daquelas águas superficiais. Como os íons alumínio são susceptíveis à complexação por substâncias orgânicas, o processo de irradiação ionizante como etapa de pré-tratamento para a determinação analítica foi um processo inovador e que foi aplicado em dois tipos de amostra: 1) amostras de água padronizadas contendo ácido húmico, que é o tipo de matéria orgânica que ocorre com frequência em águas subterrâneas e 2) amostras de água coletadas dos poços da região estudada. O processo de irradiação permitiu a redução do teor de matéria orgânica e a mineralização dessas amostras, contribuindo com dados inéditos sobre o teor de alumínio. Finalmente, foi desenvolvido um novo material - uma membrana polimérica seletiva modificada por radiação que propõe a remediação do alumínio na água.

    Palavras-Chave: ground water; water wells; water treatment; water resources; drinking water; aluminium; ionizing radiations; ultraviolet spectra; spectrophotometry; emission spectroscopy; plasma; membranes; polymerization; quantitative chemical analysis; gravimetric analysis; humic acids; public health; environmental protection; brazil

  • IPEN-DOC 06685

    MOURA, S.C. ; LIMA, N.B. ; VEGA BUSTILLOS, J.O.W. . Estudo da nao estequiometria em amostras de UOsub(2). Anais da Associação Brasileira de Química, v. 48, n. 4, p. 233-239, 1999.

    Palavras-Chave: uranium dioxide; nuclear fuels; stoichiometry; gravimetric analysis; voltametry; x-ray diffraction

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.