Navegação por Autores IPEN "YAMADA JUNIOR, A.M."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 11770

    YAMADA JUNIOR, A.M. ; HAYEK, R.R.A.; GIOSO, M.A.; FERREIRA, J.; BATISTA SOBRINHO, C.A.; RIBEIRO, M.S. . Bacterial reduction by photodynamic therapy in peri-implantitis: an in vivo study. Brazilian Dental Journal, v. 15, Special issue, p. 84-84, 2004.

    Abstract: Progressive peri-implantar bone losses, which are accompanied by inflammatory process in the soft tissues is referred to as peri-implantitis. The aim of this study was to compare the effects of lethal photosensitization with the conventional technique on bacterial reduction in ligature induced peri-implantitis in dogs. Seventeen third premolars of eight Labrador dogs were extracted and, immediately after, the implants were submerged. After osseointegration, peri-implantitis was induced. After 4 months, ligature were removed and the same period was waited for natural induction of bacterial plaque. The dogs were randomly divided into two groups. In the conventional group, they were treated with the conventional techniques of mucoperiosteal flaps for scaling the implant surface and irrigation with chlorexidine. In the laser group, only mucoperiosteal scaling was carried out before photodynamic therapy. On the peri-implantar pocket an azulene paste was introduced and a GaAlAs low-power laser (l= 660 nm, P= 30 mW, E= 5,4 J and Dt= 3 min.) was applied. Microbiological samples were obtained before and immediately after treatment. The results of this study showed that Prevotella sp., Fusobacterium e S. Beta-haemolyticus were significantly reduced for the conventional and laser groups (100%,99.8%; 100%,100%; 85.7%,97.6%, respectively).

  • IPEN-DOC 14592

    SUZUKI, L.C.; YAMADA JUNIOR, A.M. ; HAYEK, R.R.A.; RIBEIRO, M.S. . A case report of photodynamic therapy on bacterial reduction before immediate implant. Brazilian Dental Journal, v. 15, Special issue, p. 127-127, 2004.

    Abstract: Recent studies have demonstrated that a number of oral bacteria can be killed by photodynamic therapy with low concentrations of dyes. Photodynamic therapy is the combination of light with appropriate wavelength and a photosensitizer. The antimicrobial activity is mainly mediated by singlet oxygen and/or free radicals generated by the photoactivated sensitizer. A flap surgery aiming an immediate implant was made in a residual root with periodontal lesion on upper first premolar. After the extraction, a microbiological sample with sterile paper points was harvested. Then, the photosensitizer was applied in the infected alveolus and irradiated with low-intensity laser, ?= 660 nm, P= 30 mW and E= 9 J . After the photodynamic therapy, a new microbiological sample was harvested. Subsequently, it was prepared the implant bed with conical burs and then the implant was placed. Patient was medicated with antibiotic after surgery. The microbiological analysis showed a significant reduction of Prevotella sp., Fusobacterium sp. and Streptococcus beta-hemoliticus. This finding suggests that photodynamic therapy is an alternative method to disinfect alveolus before implant placement. Therefore, this study highlights the need for future work in the area of photodynamic therapy to reduce bacteria without harming host tissue.

  • IPEN-DOC 10875

    HAYEK, R.R.A.; YAMADA JUNIOR, A.M. ; GARCEZ, A.S.; NUNEZ, S.C. ; SUZUKI, L.C.; RIBEIRO, M.S. . Comparation between photodynamic therapy and a bactericidal solution in the treatment of dental alveolitis microbiological evaluation. Brazilian Dental Journal, v. 15, Special issue, p. 110-110, 2004.

    Abstract: Photodynamic therapy is a new therapeutic modality to treat microbial infections. The aim of this pilot study was to compare this new therapeutic approach with clorhexidine in mini pigs induced alveolitis. Alveolitis is an inflammatory disease that involves the superficial bone layer in the dental alveolus. Eight dental elements were extracted from mini pigs and immediately after the alveolus were contaminated with Streptoccocus aureus. After seven days the area presented edema and hyperemia. In the clorhexidine group the alveolus were debrided and irrigated with a 0.12% solution of clorhexidine. In Laser group the alveolus were debrided and photodynamic therapy was performed consisting in the application of a azulene paste inside the alveolus with a preirradiation time of 5 minutes followed by irradiation with a low power diode laser, ?= 685 nm, P= 50 mW, E= 9 J, for 3 minutes. Microbiological samples were harvested before and after treatment for both groups with sterile paper points. The results showed bacterial reduction in both groups, although photodynamic therapy was significantly more effective to reduce the population of S. aureus. This finding indicates that photodynamic therapy can be an alternative method to the treatment of alveolitis.

  • IPEN-DOC 14036

    MULLER, K.P. ; YAMADA JUNIOR, A.M. ; SUGAYAMA, S.T.; RIBEIRO, M.S. . Local Treatment using high and low-power laser on herpes simplex. Brazilian Dental Journal, v. 15, Special issue, p. 119-119, 2004.

    Abstract: Herpes simplex (HSV) is commonly encountered in the dentistry practice disappearing after 10 to 14 days. Recently alternative treatments have been introduced, among those laser therapy. The aim of this study is to evaluate the efficacy of laser therapy in patients with perioral herpes simplex infection. A 32 years old female was treated with high-intensity laser therapy (HILT) in vesicle phase using a Nd:YAG laser, l= 1064 nm, P= 1,5 W, f= 15 Hz on days 1 and 2 to drainage the vesicles. Low-intensity laser therapy (LILT) was applied on the affected area in the 3 consecutive days with a GaAlAs laser, l= 830 nm, D= 5 J/cm2. On the other hand, a 7 years male patient, which presented the vesiculo-ulcerative stage, only LILT (l= 660 nm, D= 4 J/cm2) was carried out. For both cases, it was observed that the course of the infection was quicker than the normal. Seven days after treatment beginning the lesions were healed. These findings suggest that LILT associated or not to HILT is a efficient and promising treatment for HSV. Further larger studies aiming at confirming these data and investigating the LILT mechanisms of action should be performed.

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.