Navegação por Autores IPEN "RAMANATHAN, L.V."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 07482

    KUNIOSHI, C.T.; SILVA, A.L.T.; FEIJAO, M.C.; RAMANATHAN, L.V. . Aparato para estudo do comportamento de erosao-oxidacao de materiais metalicos. In: KIMINAMI, C.S. (Ed.); EIRAS, J.A. (Ed.); PESSAN, L.A. (Ed.); TOMASI, R. (Ed.) CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 14., 3-6 dez, 2000, Sao Pedro, SP. Anais... Sao Carlos: UFSCar, 2000, 2000. p. 21501-21507.

    Palavras-Chave: composite materials; metals; ceramics; erosion; corrosion; oxidation; equipment

  • IPEN-DOC 05195

    NUNES, P.C.R.; RAMANATHAN, L.V. . Aqueous corrosion behavior of particle reinforced aluminium base metal matrix composites. In: 12th INTERNATIONAL CORROSION CONGRESS, September 19-24, 1993, Houston, Tex., USA. 1993.

    Palavras-Chave: aluminium base alloys; reinforced materials; silicon carbides; corrosion

  • IPEN-DOC 05958

    RAMANATHAN, L.V. . Aqueous corrosion of particle reinforced aluminium based metal matrix composites. In: 2rd INTERAMERICAN CONFERENCE ON ELECTRON MICROSCOPY; 15th BRAZILIAN SOCIETY FOR ELECTRON MICROSCOPY, September 2-6, 1995, Caxambu, MG. Abstract... 1995. p. 44.

    Palavras-Chave: aluminium; aqueous solutions; corrosion; reinforced materials; composite materials; polarization

  • IPEN-DOC 01752

    DURAZZO, M. ; RAMANATHAN, L.V. . Aqueous corrosion of Usub(3)Osub(8)-Al cermet cores. In: 10th INTERNATIONAL CONGRESS ON METALLIC CORROSION, Nov. 2-7, 1987, Madras, India. 1987.

    Palavras-Chave: cermets; corrosion; coatings; porosity; temperature dependence

  • IPEN-DOC 12590

    PILLIS, M.F. ; ARAUJO, E.G. de ; RAMANATHAN, L.V. . Avaliação da resistencia a oxidação em altas temperaturas de ligas FeCr e FeCrAl recobertas com LaCrOsub(3). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 17., 15-19 de novembro, 2006, Foz do Iguaçu, PR. Anais... 2006. p. 5796-57804.

    Palavras-Chave: solid oxide fuel cells; electric conductors; coatings; rare earths; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 15838

    PILLIS, M.F. ; GALEGO, E. ; SERNA, M.M. ; FRANCO, A.C.; CORREA, O.V. ; RAMANATHAN, L.V. . Caracterizacao de filmes finos de Crsub(2)Osub(3)obtidos por deposicao quimica em fase vapor. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 19., 21-25 de novembro, 2010, Campos do Jordao, SP. Anais... 2010. p. 1513-1520.

    Palavras-Chave: thin films; chromium oxides; chemical vapor deposition

  • IPEN-DOC 00788

    BRESSIANI, A.H.A. ; RAMANATHAN, L.V. ; FREITAS, C.T.. Caracterizacao metalurgica de dioxido de uranio produzido a partir de DUA e TCAU. In: 35th CONGRESSO ANUAL DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE METAIS, 6-11 jul, 1980, Sao Paulo, SP, Brasil. 1980.

    Palavras-Chave: adu; auc; uranium oxides

  • IPEN-DOC 17600

    RAMANATHAN, L.V. . Case Studies - Operational experience in the IEA-R1 research reactor: Effect of a temperature excursion. In: . Good Practices for Water Quality Management in Research Reactors and Spent Fuel Storage Facilities. Vienna: IAEA, 2011, 2011. p. 97-103,

    Notas de conteúdo: IAEA-Nuclear Energy Series no. NP-T-5.2

    Palavras-Chave: research reactors; spent fuel storage; water quality; aluminium alloys; corrosion; temperature dependence

  • IPEN-DOC 01858

    AMBROZIO FILHO, F. ; BRESSIANI, J.C. ; FARIA JUNIOR, R.N. ; GENOVA, L.A. ; LEAL NETO, R.M. ; RAMANATHAN, L.V. ; ROSSI, J.L. . Centro de pocessamento de pos metalicos e ceramicos. In: 50o. CONGRESSO ANUAL DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE METALURGIA E MATERIAIS, 1-4 de agosto, 1995, Sao Pedro, SP. 1995. p. 161-171.

    Palavras-Chave: powder metallurgy; fabrication

  • IPEN-DOC 14748

    FERNANDES, S.M.C.; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de; RAMANATHAN, L.V. . A coating to protect spent aluminium-clad research reactor fuel assemblies during extended wet storage. In: ANNUAL TOPICAL MEETING ON RESEARCH REACTOR FUEL MANAGEMENT, 13th, March 22-25, 2009, Vienna, Austria. Proceedings... 2009. p. 66-70.

    Palavras-Chave: research reactors; aluminium alloys; pitting corrosion; spent fuels; coatings; wet storage

  • IPEN-DOC 18558

    FERNANDES, S.M.C.; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de; RAMANATHAN, L.V. . Coatings for increased corrosion resistance of aluminium-clad spent fuel in wet storage. In: EUROPEAN RESEARCH REACTOR CONFERENCE, March 18-22, 2012, Praga, Republica Tcheca. Proceedings... 2012.

    Palavras-Chave: coatings; aluminium; cladding; spent fuels; wet storage; corrosion resistance; corrosion protection

  • IPEN-DOC 19621

    FERNANDES, S.M.C.; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de; LIMA, N.B. de ; RAMANATHAN, L.V. ; ANTUNES, R.A.; OLIVEIRA, M.C.L. de. Coatings for increased protection of aluminium clad spent nuclear fuel during long term wet storage. In: EUROPEAN CORROSION CONGRESS, September 1-5, 2013, Estoril, Portugal. Proceedings... 2013.

    Palavras-Chave: research reactors; aluminium alloys; pitting corrosion; spent fuels; coatings; wet storage

  • IPEN-DOC 26995

    RAMANATHAN, L.V. ; FERNANDES, S.M.C. ; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de ; ANTUNES, R.A.; OLIVEIRA, M.C.L. de. Coatings for safe long term wet storage of spent Al-clad research reactor fuels. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON RESEARCH REACTORS: SAFE MANAGEMENT AND EFFECTIVE UTILIZATION, November 16-20, 2015, Vienna, Austria. Proceedings... Vienna, Austria: International Atomic Energy Agency, 2015. p. 1-8.

    Abstract: Pitting corrosion of the aluminium cladding of spent research reactor (RR) fuels in wet storage has been observed and the use of conversion coatings to protect the cladding was proposed. A coating prepared by conventional chemical processing as opposed to electrochemical processing is the only option due to constraints related to the shape of the fuel and its high radioactivity. Hence, hydrotalcite (HTC) and boehmite were considered. This paper presents: (a) preparation of hydrotalcite (HTC) coatings from different baths followed by post-coating treatments; (b) corrosion behavior of HTC coated AA 6061 alloy; (c) results of field studies in which uncoated and HTC coated AA 6061 alloy coupons and plates, the latter assembled as a dummy fuel element, were exposed to the IEA-R1 reactor spent fuel basin for extended periods. The laboratory and field tests revealed marked improvements in the corrosion resistance of HTC coated specimens, coupons and plates. The mechanism of corrosion protection is presented.

    Palavras-Chave: cladding; coatings; corrosion protection; corrosion resistance; iear-1 reactor; pitting corrosion; spent fuels; wet storage

  • IPEN-DOC 23403

    FERNANDES, S.M.C. ; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de ; RAMANATHAN, L.V. ; ANTUNES, R.A.; OLIVEIRA, M.C.L. de. Coatings to protect spent aluminium-clad research reactor fuel during extended wet storage. In: EUROPEAN RESEARCH REACTOR CONFERENCE, May 14-18, 2017, Rotterdam, Netherlands. Proceedings... Brussels, Belgium: European Nuclear Society, 2017. p. 1-10.

    Abstract: Conversion coatings have been used to protect aluminium surfaces from corroding. Hence use of this type of coating was considered to protect the aluminium cladding of spent research reactor fuels during extended wet storage. A conventional chemical process, as opposed to an electrochemical process, is preferred due to the shape of the fuel and its high radioactivity. In this context hydrotalcite (HTC) and boehmite coatings were considered. This paper presents the results of further development of HTC coatings, from the stand point of eventually being able to coat highly radioactive spent fuels using remote handling equipment. More specifically: (a) preparation of HTC coatings from different baths on AA 6061 alloy surfaces that were given pre-treatments to simulate spent fuel surfaces; (b) characteristics of the HTC coatings as a function of bath temperature; (c) corrosion behaviour of HTC coated AA 6061 alloy; (d) results of field studies in which dummy fuel elements, consisting of Al alloy plates coated with HTC from different baths (with or without post coating treatments), were immersed in the IEA-R1 reactor’s spent fuel basin for periods of up to 2 years. This study demonstrates that Al surfaces can be coated with HTC using an allroom temperature process. The field tests revealed marked increase in corrosion resistance of HTC coated plates. The mechanism of corrosion protection is discussed and a mock-up arrangement to remotely handle dummy-fuel elements to pre-treat, coat with HTC and post-treat is presented.

  • IPEN-DOC 07439

    FERNANDES, S.M.C.; RAMANATHAN, L.V. . Comportamento da oxidacao da liga Fe-20Cr recoberta com oxidos de terras raras via porcesso sol-gel. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 13.; SEMINARIO DE MATERIAIS PARA O SETOR ELETRICO, 6., 6-9 dez, 1998, Curitiba, PR. Anais... 1998. p. 605-612.

    Palavras-Chave: iron base alloys; chromium alloys; oxidation; protective coatings; rare earth compounds; oxides; rare earths; sols; sol-gel process

  • IPEN-DOC 03693

    RAMANATHAN, L.V. . Comportamento da oxidacao de acos inoxidaveis recobertos com oxidos de terras raras. In: 9o. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 9-12 de dezembro, 1990, Aguas de Sao Pedro, SP. 1990.

    Palavras-Chave: stainless steels; oxidation; rare earths

  • IPEN-DOC 02635

    COSTA, I. ; RAMANATHAN, L.V. . Comportamento de oxidacao do Zr e suas ligas. In: 6th CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, Dec. 9-12, 1984, Rio de Janeiro, RJ, Brazil. 1984.

    Palavras-Chave: oxidation; thermal gravimetric analysis; zirconium; zirconium alloys

  • IPEN-DOC 10512

    KUNIOSHI, C.T.; CORREA, O.V. ; RAMANATHAN, L.V. . Comportamento de oxidacao e erosao-oxidacao de revestimentos HVOF a base de NiCr. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 16., 28 nov. - 02 dez, 2004, Porto Alegre, RS. Anais... 2004.

    Palavras-Chave: nickel chlorides; erosion; oxidation; electric heating; coatings; temperature range 0400-1000 k

  • IPEN-DOC 25353

    RAMANATHAN, L.V. ; FERNANDES, S.C. ; CORREA, O.V. . Comportamento de oxidação a temperaturas elevadas de aços inoxidáveis ferríticos recobertos com óxidos de terras raras nanocristalinos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 23., 04-08 de novembro, 2018, Foz do Iguaçu, PR. Resumo... 2018. p. 5419-5419.

    Abstract: Foram determinados os tamanhos médios das partículas e dos cristalitos de óxidos de terras raras (OTR) nanocristalinos, puros e mistos. A morfologia dos recobrimentos destes OTR puros e mistos sobre superfícies de aços inoxidáveis ferríticos foram estudados e os seguites formatos foram observados: CeO2 – varetas; Nd2O3 – placetas; Pr2O3 – agulhas; La2O3 – cubos. O grau de cobertura da superfície dos aços variaram dependendo do tipo e teor de um determinado OTR na mistura. Estudos de oxidação isotérmica a 1000 °C dos três aços AISI 409, 430 e 439, sem e com recobrimentos de diversos OTR puros e mistos mostraram que: (a) com qualqer tipo de OTR, a velocidade de oxidação dos aços reduziram significativamente devido a formação de óxido de cromo na interface metal/óxido, (b) as velocidades de oxidação dos aços variam dependendo do tipo de recobrimento de OTR. As variações na velocidade de oxidação dependem da morfologia, tamanho médio das partículas, tamanho médio dos cristalítos, nível de cobertura e adesão do OTR, (c) óxido misto contendo Pr2O3 aumentou consideravelmente a resistência a oxidação do AISI 430 comparado com Pr2O3 puro; (d) óxido misto contendo Nd2O3 aumento muito mais a resistência a oxidação do AISI 439 comparado com outros OTR puros ou mistos.

  • IPEN-DOC 19619

    FERNANDES, S.M.C.; CORREA, O.V. ; SOUZA, J.A. de; LIMA, N.B. de ; RAMANATHAN, L.V. ; ANTUNES, R.A.; OLIVEIRA, M.C.L. de. Conversion coatings to protect Al-CLAD spent fuel in wet storage. In: EUROPEAN RESEARCH REACTOR CONFERENCE, April 21-25, 2013, St Petersburg, Russia. Proceedings... 2013.

    Palavras-Chave: coatings; aluminium; spent fuels; corrosion resistance; corrosion protection; wet storage

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.