Navegação por Autores IPEN "AYUSSO, VICTOR H."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 21497

    AYUSSO, VICTOR H. ; TERADA, MAYSA ; COSTA, ISOLDA . Caracterização microestrutural e eletroquímica do aço inoxidável Lean Duplex UNS32304 soldado pelo método FSW (Friction Stir Welded). In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 21.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 12.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 5., 1-2 de outubro, 2015, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2015. p. 225-226.

    Palavras-Chave: stainless steels; corrosion resistance; microstructure; soldering; friction welding; electrochemical corrosion

  • IPEN-DOC 26827

    AGUIAR, DEIZE B. dos S.; QUEIROZ, FERNANDA M.; VERISSIMO, NATHALIA C.; AYUSSO, VICTOR H. ; PEREIRA, VICTOR F.; FONSECA, EDUARDO B. da; MELO, HERCILIO G. de; COSTA, ISOLDA ; TERADA, MAYSA ; BUGARIN, ALINE F.S. . Effect of Ce on the corrosion resistance of anodized AA2024-T3 FSWed. In: BRAZIL MRS MEETING, 18th, September 22-26, 2019, Balneário Camburiú, SC. Abstract... São Carlos, SP: Aptor Software, 2019. p. 2111-2112.

    Abstract: Friction stir welding (FSW) is a solid-state joining technique, which has numerous advantages over conventional fusion techniques, such as automation and reproducibility, environmentally friendly, and capability to weld large thicknesses in a single pass. AA2024 are widely used in the aerospace industry due to their properties as lightweight, high specific strength and durability. However, they are prone to localized corrosion due to its high amount of intermetallics. New anodizing and sealing processes have been studied due to the environmental and health problems related to the sealing treatment containing hexavalent chromium ions. This has encouraged the search for new processes for surface treatment of metals. Recent studies are pointing towards tartaric-sulphuric anodizing, as a viable alternative for the corrosion protection of aluminum alloys, including surface treatments with cerium ions. Other promising method to protect the exposed metal surface is to use eco-friendly alternative corrosion inhibitors in combination with a barrier coating system. Sol–gel coatings have also been extensively studied as potential pre-treatments not associated to toxic residues for aluminum alloys surface preparation prior to paint. It has been demonstrated an efficient alternative for replacement of the chromate technology. In this study, friction stir welded samples were anodized and then sealed in an aqueous solution with the addition of cerium ions at 70 °C. The effect of Ce on the characteristics of the surface film formed, such as morphology and corrosion resistance, was investigated by SEM and electrochemical impedance spectroscopy. Samples unsealed or hydrothermally sealed were also tested for comparison. The EIS results showed that the addition of Ce (III) ions improved the corrosion resistance of the AA 2024-T3 TSA anodized and hydrothermal sealed.

  • IPEN-DOC 26654

    TERADA, MAYSA ; QUEIROZ, FERNANDA M.; COSTENARO, HELEN; AYUSSO, VICTOR H. ; OLIVIER, MARJORIE; COSTA, ISOLDA ; MELO, HERCILIO G. de. Effect of cerium addition to a hydrothermal treatment on the corrosion protection of the tartaric-sulfuric acid anodized AA2524-T3. Corrosion, v. 75, n. 9, p. 1110-1117, 2019. DOI: 10.5006/3063

    Abstract: To protect Al alloys from corrosion, standard procedures in the aerospace industry use chromium-based acid anodizing with subsequent post-treatment steps also containing hexavalent chromium (Cr(VI)) ions. However, environmental and health related concerns associated with Cr(VI) have encouraged the search for new surface treatments providing effective corrosion protection without the drawback of generating toxic residues. In this investigation, a hydrothermal treatment in aqueous solution with cerium ions is proposed as a post-treatment for tartaric-sulfuric acid (TSA) anodizing, and its effects on the AA2524-T3 alloy corrosion resistance investigated. The effect of Ce on the characteristics of the surface film formed, such as morphology and corrosion resistance, is investigated by scanning electron microscopy and electrochemical impedance spectroscopy (EIS). The results show that the hydrothermal treatment in solution containing Ce(III) ions presents a less stable behavior than the treatment in boiling water. However, the results of the EIS experiments show recovery of the protective properties of the system, indicating that some self-healing properties must be imparted to the system.

    Palavras-Chave: cerium; corrosion protection; hydrothermal systems; tartaric acid; sulfuric acid; aluminium alloys; corrosion fatigue; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 25861

    MACHADO, CARULINE de S.C. ; KLUMPP, RAFAEL E. ; AYUSSO, VICTOR H. ; DONATUS, UYIME ; MILAGRE, MARIANA X. ; ARAUJO, JOAO V. de S. ; MACHADO, GLAUSON A.F. ; COSTA, ISOLDA . Effect of surface treatments on the localized corrosion resistance of the AA2198‐T8 aluminum lithium alloy welded by FSW process. Surface and Interface Analysis, v. 51, n. 12, SI, p. 1231-1239, 2019. DOI: 10.1002/sia.6622

    Abstract: In this work, the effect of eight types of surface treatments on the corrosion resistance of friction stir welded samples of an AA2198‐T8 Al‐Cu‐Li alloy were tested and compared in an attempt to find suitable alternatives to toxic and carcinogenic hexavalent chromium treatments. All the samples were anodized and subjected to different post‐anodizing treatments. The post‐anodizing treatments were (1) hydrothermal treatment in Ce (NO3)3 6H2O solution; (2) hydrothermal treatment in Ce (NO3)3 6H2O solution with H2O2; (3) hydrothermal treatment in boiling water; (4) hexavalent chromium conversion coating; and (5) immersion in BTSE (bis‐1,2‐(triethoxysilyl) ethane. The corrosion resistance of the treated samples was evaluated by immersion tests in sodium chloride solution (0.1 mol L−1 NaCl) and electrochemical impedance spectroscopy (EIS) of the friction stir weldment. The results showed that among the alternative treatments, the Ce‐containing solutions presented the best corrosion resistance, especially when used without peroxide.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; corrosion; corrosion resistance; lithium alloys; corrosion protection; friction welding; anodization; copper alloys; chromium; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 20495

    AYUSSO, VICTOR H. ; TERADA, MAYSA ; PEREIRA, VICTOR F.; TOMACHUK, CELIA R.; ROSSI, JESUALDO L. ; RAMIREZ, ANTONIO J.; COSTA, ISOLDA . Estudo da resistência à corrosão do aço inoxidável lean duplex UNS 32304 soldado por atrito com pino não consumível. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 21., 9-13 de novembro, 2014, Cuiabá, MT. Anais... 2014. p. 5205-5212.

    Palavras-Chave: stainless steels; welding; corrosion resistance; electrochemistry

  • IPEN-DOC 25535

    KLUMPP, RAFAEL E. ; SILVA, REJANE M.P. da; DONATUS, UYIME ; MACHADO, CARULINE de S.C. ; AYUSSO, VICTOR H. ; MILAGRE, MARIANA X. ; ARAUJO, JOAO V. de S. ; COSTA, ISOLDA . Influência da composição da solução de tratamento de superfície na resistência à corrosão da liga AA2024-T3. Tratamento de Superfície, n. 212, p. 23-28, 2019.

    Abstract: Os tratamentos de superfície de ligas de alumínio em soluções contendo íons de terras raras têm se mostrado promissores para a substituição dos tratamentos que utilizam íons de cromo hexavalente em sua composição. A composição das soluções de tratamento com terras raras é um fator importante na propriedade de proteção à corrosão da camada superficial formada. Neste trabalho, o efeito da adição de peróxido de hidrogênio à solução de tratamento para proteção à corrosão da liga AA2024-T3 foi investigado por técnicas eletroquímicas e microscópicas. Os resultados mostraram que a adição do peróxido de hidrogênio altera a morfologia da camada, o mecanismo de formação desta e resulta em propriedades de proteção levemente inferiores às da camada formada na ausência de peróxido.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; corrosion protection; hydrogen peroxide; corrosion resistant alloys; layers; atomic force microscopy; scanning electron microscopy; spectroscopy; electric impedance; cerium nitrates

  • IPEN-DOC 22243

    AYUSSO, VICTOR H. ; TERADA, MAYSA ; COSTA, ISOLDA . Resistência à corrosão do aço inoxidável LEAN duplex UNS 32304 soldado pelo processo FSW. In: CONGRESSO DE TECNOLOGIA, 17.; SIMPOSIO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA E TECNOLOGICA, 17., 5-8 de outubro, 2015, São Paulo, SP. Resumo... 2015. p. 32.

    Palavras-Chave: corrosion resistance; stainless steels; welding; spectroscopy; diagrams; electrochemistry; impedance; materials testing

  • IPEN-DOC 28770

    ARAUJO, JOAO V. de S. ; MILAGRE, MARIANA X. ; KLUMPP, RAFAEL E. ; AYUSSO, VICTOR H. ; DONATUS, UYIME ; COSTA, ISOLDA . TSA anodising voltage effects on the near-surface coarse intermetallic particles in the AA2024-T3 and AA2198-T8 alloys. Corrosion Engineering, Science and Technology, v. 57, n. 4, p. 380-396, 2022. DOI: 10.1080/1478422X.2022.2071666

    Abstract: In this study, the behaviour of the micrometric particles of the AA2198-T8 alloy during anodising at various voltages and the effect of anodising voltage on the anodised surface morphology have been investigated in a tartaric-sulfuric acid anodising solution. The results were compared with that of the AA2024-T3 alloy. For the AA2198-T8 alloy, partial dissolution of these particles occurred at 0, 3 and 4 V. Besides, for potentials above 5 V, there is a preferential dissolution of the intermetallic particles. For the AA2024-T3 alloy, the results indicated a total dissolution of the micrometric particles at 0 V and a partial dissolution at 3 V, whereas above 4 V total dissolution occurred. Between 1 and 2 V, no dissolution was observed for both alloys. The preferential dissolution of the micrometric particles resulted in defects in the anodic film and cavities on the anodised surfaces.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; intermetallic compounds; particle size; anodization; sulfuric acid; tartaric acid

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.